A parte mais importante do corpo

Este post é sobre tratamento de resíduos, mas vou começá-lo com uma fábula infame.

Certa vez, enquanto o corpo dormia, as partes se reuniram para eleger o presidente do corpo. Imediatamente, alguns candidatos naturais surgiram. O cérebro disse que pensava em tudo e por isso devia ser o presidente. O coração explicou que não parava um minuto. A reunião corria em alto nível até que lá de baixo surgiu um novo candidato: o ânus. Foi a maior gargalhada. Os olhos chegaram a lacrimejar de tanto rir. Ninguém deu crédito à candidatura do ânus e, indignado, ele entrou em greve. Fechou-se de um jeito, que por muitos dias nada saiu ou entrou por ali. Com a greve do ânus, o corpo começou a passar mal. O cérebro começou a ter dores de cabeça, os olhos ficaram embaçados e o coração teve taquicardia. Convocaram ma reunião de emergência e todas as partes do corpo tiveram que concordar em aceitar a candidatura do ânus, para que ele suspendesse a greve e liberasse a evacuação dos resíduos. Quem ganhou a eleição não vem ao caso, mas ficou claro desde então que todas as partes de um organismo têm sua importância e uma não vive sem a outra.

Por muitos séculos, a destinação e tratamento de nossos resíduos foi um preocupação secundária da sociedade. Produzimos resíduos em todas as formas: sólidas, líquidas e gasosas. No entanto, ainda insistimos em tratá-los com termos pejorativos como fumaça, esgoto e lixo. Durante todo esse tempo, deixamos a cargo da mãe Natureza encaminhar o problema de nossos resíduos. O problema é que agora somos mais de seis bilhões de pessoas dividindo o mesmo planeta e utilizando tecnologias cada vez mais complexas. Os resíduos não podem ser mais ignorados sob pena de caminharmos para um colapso no ecossistema.

Da mesma forma que não gostamos de lidar com nossos resíduos, não damos valor a quem se ocupa deles. Profissões como faxineiro, lixeiro ou catador não dão prestígio em nossa sociedade. Como só mudamos de perspectiva sob pressão, ainda vai levar um tempo para a sociedade mudar sua visão sobre os resíduos e sobre quem se ocupa de destiná-los e tratá-los. Chegará o dia em que não usaremos mais palavras como fumaça, esgoto e lixo, que passam a ideia de algo nocivo e inútil. Na verdade, nossos resíduos são matéria-prima com valor econômico. Resíduos são complexos e dominar a tecnologia de seu tratamento não é para qualquer um. Um humilde catador tem conhecimentos sobre resíduos que muito doutor nem faz ideia. Na sociedade sustentável que precisamos construir, destinar e tratar resíduos é uma função nobre, complexa e rentável. Provavelmente, alguns bilionários listados pela Forbes em 2040 serão empresários do tratamento de resíduos. Espero que possamos chegar a esse novo patamar de consciência sem greve do ânus.

Veja também: Simulador de consumo de energia em Excel

Cadastre os aparelhos e deixe o Excel calcular o consumo previsto de energia para sua casa, escritório, loja, condomínio, empresa, etc. Você pode criar várias unidades de consumo, cada uma com vários cenários. Assim, você verifica se o seu consumo está dentro do previsto, pode testar o impacto de uma reforma ou troca de aparelhos ou até estimar o gasto de uma unidade que ainda vai ser construída. Faça o download da versão grátis.

Assista ao vídeo para conhecer o funcionamento da planilha.

Sua opinião me interessa