Padronizar é ecológico

O carregador do meu notebook foi para o espaço e eu sai atrás de um novo. A primeira pergunta que lhe fazem antes de vender esse acessório é: Qual é a marca e modelo do seu notebook? Como assim? É um simples carregador. Pois é, mas a voltagem de saída pode ser 12, 14, 16, 19, 20, 22 ou 24V e cada notebook exige um plug diferente. Durante minha pesquisa, fiquei sabendo que existem os carregadores universais. Eles vem com um seletor para ajuste da voltagem de saída, além de um pente de plugs intercambáveis. Com sorte, seu notebook vai se enquadrar em uma das combinações possíveis do carregador universal.

O carregador universal é um aparelho mais complexo do que os modelos específicos e, pela lógica, deveria custar mais caro. Na prática, o preço do carregador universal é um terço do cobrado por carregadores dedicados. É a lei da oferta e da procura em ação, obviamente. Apesar de mais complexo, o carregador universal tem maior rotação de estoque, menos variações na linha de montagem, etc. Só isso já bastaria para provar que o carregador universal é mais ecológico que os dedicados, mas pensando além, o ideal mesmo seria a padronização. Por que os fabricantes não pode produzir todos os notebooks com a mesma voltagem ou, pelo menos, com o mesmo plug?

A padronização dos carregadores já foi conseguida na indústria de celulares. A partir de 2012, todos os celulares sairão da fábrica no mesmo padrão e o carregador de um poderá ser usado em outro. As pessoas poderão trocar de celular e continuar usando o mesmo carregador. Isso vai evitar o descarte de milhares de toneladas de carregadores que são jogados fora em boas condições de uso. Fica aí o exemplo para a indústria da Informática. Em muitos casos, a intercambiabilidade de peças já foi alcançada. Os estabilizadores de tensão para computadores dektop, por exemplo, são universais há muito tempo. Você compra um estabilizador de tensão pela potência e não para uma marca específica de computador.

O carregador universal de notebook de hoje bem que poderia ser substituído por um carregador realmente universal. Uma só tensão de saída e um só tipo de plug. Esse carregador seria mais barato do que todos os modelos fabricados hoje em dia graças aos ganhos de escala. Pensando bem, não é só o carregador que poderia ser padronizado. Ele apenas alimenta a bateria e essa é a parte de maior impacto ambiental de um notebook. Qualquer iniciativa que aumente a vida útil da bateria é muito bem-vinda para o meio ambiente.

Veja também: Simulador de consumo de energia em Excel

Cadastre os aparelhos e deixe o Excel calcular o consumo previsto de energia para sua casa, escritório, loja, condomínio, empresa, etc. Você pode criar várias unidades de consumo, cada uma com vários cenários. Assim, você verifica se o seu consumo está dentro do previsto, pode testar o impacto de uma reforma ou troca de aparelhos ou até estimar o gasto de uma unidade que ainda vai ser construída. Faça o download da versão grátis.

Assista ao vídeo para conhecer o funcionamento da planilha.

Sua opinião me interessa