Para onde irá o entulho da Copa 2014?

A realização da Copa do Mundo no Brasil em 2014 está movimentando a construção civil. Grandes obras começam a ser realizadas e, na maioria dos casos, elas começam com grandes demolições. São montanhas de entulho geradas para permitir a ampliação ou reconstrução de estádios e de outras obras ligadas ao evento. A destinação do entulho é um sério problema ambiental e com os olhos do mundo voltados para o Brasil é importante darmos um exemplo de que somos um país com vocação para liderar a economia verde.

Reciclar o entulho é um bom negócio, principalmente em grandes obras, porque nesse caso a escala permite otimizar o processo. Com os grandes volumes gerados compensa levar as máquinas de reciclar até os locais de demolição. Economiza-se em transporte e o entulho reciclado pode ser aproveitado na própria obra. O estado de Minas Gerais deu um bom exemplo reciclando o entulho das reformas do Mineirão no próprio local da obra. No Rio de Janeiro, as ampliações do sambódromo também geraram grande volume de entulho, por causa da demolição de uma antiga fábrica próxima. O entulho foi triturado e o aço das ferragens foi encaminhado à uma siderúrgica para reuso.

A reciclagem do entulho oferece várias vantagens como a redução do lançamento em locais clandestinos, a redução da extração de matérias-primas virgens, economia no transporte. Os produtos obtidos a partir da reciclagem são mais baratos que os obtidos com matérias-primas virgens. Podem ser usados em pavimentação, na contenção de encostas, como agregado na produção de concreto, na produção de tijolos e outros materiais de construção.

A reciclagem do entulho não compensa apenas nas grandes obras. O entulho gerado em pequenas obras domésticas também pode entrar no ciclo da reciclagem, desde que a prefeitura tenha um programa de coleta e tratamento do entulho. Aqui em Curitiba, por exemplo, a prefeitura mantem um serviço de coleta de entulho produzido em pequenas obras. Basta deixar o entulho na calçada e avisar a prefeitura para programar a coleta. O material é reciclado e gera matérias-primas para obras de pavimentação e calçamento.

Na economia verde todos os resíduos têm valor econômico e quem tem a responsabilidade de sediar uma copa não pode esconder o entulho debaixo do tapete verde.


Veja também: Simulador de consumo de energia em Excel

Baixe a planilha e faça um cálculo preciso do consumo de energia elétrica em sua casa. Download Assista ao vídeo e veja como usar a planilha.

Autor: Radamés

Engenheiro curitibano pela UFPR, professor e produtor de conteúdos e ferramentas educacionais para a Internet.

Sua opinião me interessa