Arquivo da tag: eletrodomésticos

Os televisores mais econômicos do Brasil

O televisor é um item de peso no consumo de energia elétrica da casa. Em muitas residências encontramos dois ou mais aparelhos e o tempo que permanecem ligados diariamente é longo. Além disso, o tamanho das telas tem aumentado com o passar dos anos. Até alguns anos atrás o normal era comprar uma TV de 21 polegadas. Hoje o sonho de consumo da maioria das pessoas é o televisor 40” ou mais. Está certo que as novas tecnologias são mais eficientes do ponto de vista energético, mas com o aumento das telas o consumo mensal absoluto só aumenta. Outra dúvida do consumidor ecológico é em relação à tecnologia das TVs. Qual delas é mais econômica?

Continue lendo Os televisores mais econômicos do Brasil

Os refrigeradores mais econômicos do Brasil

O Inmetro divulgou seu relatório 2020 do programa nacional de etiquetagem para refrigeradores. As planilhas trazem 284 modelos e os mais econômicos estão nas tabelas abaixo. As tabelas estão divididas em quatro categorias: refrigeradores tradicionais, refrigradores frost-free, combinados e combinados frost-free. Para cada categoria apresentamos os cinco modelos mais econômicos em consumo de energia elétrica.

A oferta de modelos indica que o mercado caminha na direção de volumes de refrigeração e consumo de energia cada vez maiores. O maior volume de refrigeração disponível no mercado doméstico é de 765 litros e 61 modelos ultrapassam 500 litros de volume refrigerado total. Quem precisa de todo esse volume refrigerado? Pessoas que carneiam porco em casa, talvez.

Continue lendo Os refrigeradores mais econômicos do Brasil

Seja ecológico, desligue seu computador

Não precisa desligar o computador agora. Pode ler este post com calma, mas pense em quanto tempo você mantém seu computador ligado diariamente. Em dias úteis, eu passo mais de dez horas por dia diante de um computador. Ele é minha ferramenta de trabalho e de lazer e o consumo de energia com esse uso intenso não pode ser ignorado. Adotando as melhores práticas dá para reduzir muito o consumo do computador; pena que poucos prestem atenção a esta questão a começar pela indústria que raramente divulga o consumo de seus aparelhos ou mostra preocupação em torná-los mais eficientes. Consultando as tabelas do Energy Star encontramos diferenças enormes de eficiência energética entre aparelhos  Um computador pode consumir o triplo do que outro de configuração similar. Os usuários também não prestam muita atenção no consumo de seus computadores como se fosse algo desprezível. Já vi gente sair de férias deixando o computador ligado no escritório. Para ser mais convincente no que estou dizendo, vamos às dicas e aos números.

Continue lendo Seja ecológico, desligue seu computador

A evolução e o retrocesso dos refrigeradores

Eu estava remexendo em documentos antigos quando encontrei o manual de uma velha geladeira Prosdócimo comprada há quase vinte anos. No manual estava colada a etiqueta do Inmetro que naquela época já avaliava a eficiência energética das geladeiras. 37,5 kWh/mês era o consumo registrado para esse refrigerador de uma porta sem frost free e capacidade de 304 litros que era um aparelho médio para a época.

De lá para cá, a fabricante paranaense Prosdócimo foi adquirida pela americana Electrolux. O modelo similar produzido atualmente pela Electrolux tem capacidade de 317 litros e eficiência energética de 28,4 kWh/mês. Graças à evolução tecnológica os refrigeradores de hoje consomem 25% menos energia. Seria de se comemorar esse ganho ambiental, não fosse um detalhe. Geladeiras de uma porta e sem frost free estão sumindo das lojas. A linha da Electrolux, por exemplo, é formada principalmente por aparelhos frost free com duas portas e capacidades maiores que a dos modelos populares há vinte anos atrás. Alguns modelos atuais chegam próximo de 500 litros de espaço refrigerado.

Continue lendo A evolução e o retrocesso dos refrigeradores

O notebook de bambu e o rádio de madeira

A AsusTek Computer de Taiwan desenvolveu a linha de notebooks EcoBook com carcaça feita de tiras prensadas de bambu. O resultado é bem interessante tanto no aspecto ambiental como no estético. O bambu é uma matéria prima renovável, resistente, durável e biodegradável, Ele cresce rápido e se for usado na produção de bens duráveis tem potencial para seqüestrar carbono da atmosfera.

Continue lendo O notebook de bambu e o rádio de madeira