Museu Guggenheim Bilbao

 

Creio que não sou o único a ficar perturbado com o impacto visual que o Museu Guggenheim Bilbao provoca em quem o admira. Suas formas lembrariam um navio? Suas placas de titânio seriam como escamas de peixe? Seus volumes de aço seriam como bandeiras tremulando? Ou talvez, a imprevisibilidade das formas desse prédio seja nada mais do que um premeditado caos organizado.

Museu Guggenheim Bilbao

Read more

Ponte JK

 

Pontes nos levam à ideia de superação. Do ponto de vista da arquitetura nos encantamos com a superação de obstáculos naturais, tecnológicos e estéticos. Gostamos de pontes que vencem grandes vãos, que se assentam sobre terreno inóspito, que se projetam a grandes alturas e que vão até os limites da técnica. Melhor ainda se além de tudo, se destacarem pela beleza. É o caso da Ponte JK (Juscelino Kubitschek) em Brasília. Com 1.200 metros de extensão, vãos livres com até 240 metros a pista dessa ponte pênsil parece flutuar sobre o lago Paranoá. Seus três arcos de aço sugerem os saltos em trajetória parabólica de uma pedra arremessada contra a linha da água.

Ponte JK em Brasília

Read more

Casa Farnsworth

Uma casa de campo feita de aço e vidro. A ideia podia parecer estranha, afinal ainda hoje esse tipo de construção está associado a técnicas mais rústicas e materiais tradicionais. O ar tecnológico da combinação aço vidro, tipicamente modernista, começava a ser visto em arranha-céus, mas não em áreas rurais na década de 1950. O resultado da ideia inusitada, porém, foi um sucesso.  Originalmente construída para o veraneio da médica americana Farnsworth, a casa hoje é um museu aberto à visitação de todos que apreciam a melhor arquitetura.

Casa Farnsworth

Read more

Casa de vidro

 

Ainda hoje a Casa de vidro causa impacto e gera polêmica. É uma casa, certo? Embora tenha um ar de projeto conceitual seu criador, o arquiteto Philip Johnson, a usou como casa de veraneio por muitos anos. O primeiro impacto que a casa me provoca tem a ver com a questão da privacidade. Como é toda rodeada de vidro os moradores ficam expostos aos olhares que vem de fora. Bem, esse talvez seja o principal paradigma rompido pela casa de vidro: se por um lado os moradores podem ser vistos, também têm uma ótima perspectiva para verem o que os rodeia. É como se a casa fosse a continuação do entorno. Considerando que se trata de uma casa de campo rodeada pelo verde e que não há vizinhos curiosos em volta, a possibilidade de apreciar o entorno sobrepõe o instinto da privacidade.

Casa de vidro de Philip Johnson
Read more

Scroll To Top