Formatos de arquivos de imagem

Existem muitos padrões para armazenagem de imagens, tanto no sistema vetorial como no de mapa de bits, o que resulta em muitos formatos de arquivos de imagem. Vamos citar alguns dos mais importantes:

Formatos vetoriais

CDR. É o formato dos arquivos gerados pelo CorelDraw.

DWG. Formato dos arquivos gerados pelo software de desenho técnico AutoCAD.

EPS. (encapsuleted post script) Formato gerado nos programas profissionais e usado pela indústria gráfica para impressões profissionais.

WMF. (windows meta file) Formato criado pela Microsoft. Pode ser gerado em vários programas. É um formato aceito por vários softwares, podendo ser incluído até em documentos do Word.

Continuar lendo “Formatos de arquivos de imagem”

Imagens vetoriais e bitmaps

No computador, as imagens são gravadas em arquivos que guardam as informações através de processos sofisticados e engenhosos. De forma simplificada, podemos dizer que toda imagem, dentro do computador, é reduzida a números. Há diversas maneiras de armazenar uma imagem, mas para quem trabalha com computação gráfica, é importante distinguir os dois grandes grupos de arquivos de imagem da informática: os arquivos vetoriais e os bitmaps.

Imagens vetoriais: nos arquivos vetoriais, as imagens são armazenadas como um conjunto de instruções matemáticas. Vamos entender melhor através de uma comparação: se quiséssemos explicar como se desenha a bandeira do Brasil, poderíamos dizer o seguinte: desenhe um retângulo verde. Dentro do retângulo, coloque um losango amarelo, e dentro, deste, um círculo azul. Desenhe 27 estrelas dentro do círculo e uma faixa branca arqueada onde se lê ‘Ordem e Progresso’ em azul, etc. Observe que descrevemos a bandeira passo a passo, desmontando-a em vários objetos geométricos simples. O armazenamento de imagens em formato vetorial imita a descrição que fizemos há pouco. O computador guarda um conjunto de instruções que permite a reconstrução da imagem na tela sempre que for necessário. Os arquivos do CorelDraw, por exemplo, usam a técnica vetorial. Quando você abre um arquivo do CorelDraw, observa que a imagem mais complexa é formada por um conjunto de objetos geométricos mais simples que são montados na tela passo a passo.

Continuar lendo “Imagens vetoriais e bitmaps”

Tipos de computador

Existem muitos tipos de computador. Por enquanto, vamos classificá-los pelo porte, ou seja, pela capacidade de processamento, pelas dimensões e pelas funções.

Os computadores até o porte do desktop também podem ser chamados de microcomputadores.

Palmtop: Como o nome diz, o palmtop cabe na palma da mão. É o computador de bolso. Funciona com bateria e atualmente estão em baixa depois do aparecimento de outras classes de computadores portáteis.

Netbook. Computador portátil de dimensões menores, menor peso e configuração mais modestas do que um notebook. Para pessoas que querem levar o computador por todo lado.

Tablet. Computador portátil que é operado principalmente por toques na sua tela sensível.

Notebook: ou laptop. É o computador portátil, que pode ser carregado como uma valise. Trabalha com bateria ou na tomada.

Continuar lendo “Tipos de computador”

Hardware e software

A Informática está no nosso dia a dia: No supermercado, no banco, no escritório, na escola. Não dá mais para viver sem ela. Na vida profissional, o conhecimento da Informática está ficando tão importante que podemos falar em um novo tipo de analfabetismo: o dos analfabetos em computador. O desconhecimento da Informática exclui as pessoas da disputa por melhores oportunidades profissionais.

Felizmente a Informática não é difícil. Com um pouco de dedicação você poderá ser um usuário competente do computador. Como o assunto é muito amplo não se iluda que em poucas horas você vai dominá-lo por completo. Você precisa reservar parte do seu tempo para o aprendizado e não pare de se aperfeiçoar porque a Informática também não pára.

Continuar lendo “Hardware e software”

Funções das teclas do teclado

As funções das teclas variam muito de um programa para outro. Vamos falar apenas das funções mais comuns.

Alt: (ALTernate) É uma tecla modificadora. Sozinha não faz nada. Devemos mantê-la apertada enquanto pressionamos outra tecla para que ela modifique a função da outra tecla. Cada programa usa a tecla ALT de um jeito próprio. Geralmente ela é usada em combinação com outras teclas para executar comandos de programa

Back space: Com ela apagamos o caractere que está à esquerda do cursor de texto.

Caps Lock: É a tecla para fixar maiúsculas. Ativando CAPS LOCK o texto digitado sai todo em maiúsculas. Desativando CAPS LOCK o texto sai em minúsculas. A fixação de maiúsculas está ativa quando o led CAPS LOCK do teclado está aceso

Continuar lendo “Funções das teclas do teclado”