Como controlar o orçamento doméstico no Excel

Aqui vai um roteiro para montar uma planilha de controle financeiro doméstico que é simples, mas completa. Baixe a planilha modelo pronta para uso.

Baixe as versões editáveis grátis na área de Downloads para usuários cadastrados.

Veja mais detalhes em criação passo a passo de controle financeiro.

Adquira a versão premium

Clique no link e compre com segurança em ambiente seguro.

Valor: R$ 38,00.

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

A planilha premium inclui:

  • Planilha de lançamentos em R$.
  • Planilha de investimentos.
  • Agendamentos automatizados.
  • Plano de contas em R$ e de investimento.
  • Gráficos para análise de dados.
  • Assistência ao usuário por três meses.
  • Envio de versões melhoradas durante um ano.

Requisitos: Computador com Windows e Excel 2010 ou superior que rode macros.

Assista ao vídeo abaixo para saber como usar a planilha seguindo as melhores práticas.

Estrutura da planilha

A planilha tem apenas seis colunas:

  • Data
  • Descrição
  • Conta
  • Classificação
  • Entrada
  • Saída

Na coluna data registre a data em que efetivamente a transação ocorreu. Na descrição explique a razão do gasto ou ganho. Os demais campos são explicados a seguir.

Na parte inferior da planilha temos os subtotais de Entradas e Saída.

Com essa estrutura simples é possível fazer uma bela análise de suas finanças pessoais facilmente. Veja no final desse artigo como fazer isso.

controle financeiro no Excel

Contas

Conta é uma área onde podem entrar e de onde podem sair recursos. As contas típicas são:

  • Contas bancárias
  • Cartões de crédito
  • Dinheiro em espécie
  • RH
  • Cartões de benefício
  • Serviços de pagamento

Contas bancárias. Crie uma conta para cada banco onde você tem depósitos. Lance nessa conta as transações com cartão de débito, cheques emitidos, TEDs, boletos, etc.

Cartões de crédito. Crie uma conta para cada cartão de crédito que você possui. Use uma conta para o cartão do titular e outras para cartões de dependentes. Dessa forma, será possível controlar os gastos de cada membro da família.

Conta dinheiro. A conta dinheiro é reservada para transações em dinheiro vivo.

Conta RH. É reservada para controlar entradas e saídas realizadas pelo seu empregador. Nela vão ser lançados saídas para IR, INSS, plano de saúde, etc. Também serão registradas entradas de salário bruto, 13o.salário, terço de férias, etc. É uma conta administrada pelo RH da sua empresa, mas que lhe afeta diretamente.

Cartões de benefícios. Considere seus cartões de transporte, alimentação, refeição nesta categoria.

Serviços de pagamento. Se você tem conta no PayPal, por exemplo inclua ela no seu controle financeiro, pois é um local onde você pode receber e gastar recursos. Só lembre de fazer o controle em reais para não misturar moeda estrangeira com nacional. Faça o mesmo com outas formas de armazenagem de recursos financeiros.

Classificação

A classificação mostra qual foi o destino do gasto ou a origem da receita.

Exemplos de classificação de entrada: Salário bruto, aluguéis recebidos, ganhos financeiros, etc.

Exemplos de classificação de saída: Alimentação, saúde, transporte, educação, moradia, etc.

Entradas e saídas

O valor das transações será lançado na coluna das entradas ou das saídas. Não existe outra opção. Se o valor deixa a conta é saída e se engorda a conta é entrada. Essa lógica vale para os cartões de crédito. Se você fez uma compra com cartão de crédito um valor saiu da conta e terá que ser coberto algum tempo depois.

Transferência entre contas

Quando você passa valores de uma conta para outra, isso é uma transferência entre contas. Você não perdeu nem ganhou dinheiro, apenas mudou ele de lugar.

Transferências entre contas devem ser lançadas em duas linhas na planilha: uma registrando a saída da conta de origem e outra mostrando a entrada na conta de destino. Por exemplo: se você fez um saque de R$100,00 no caixa eletrônico deve registrar uma saída de R$ 100,00 da conta bancária e uma entrada de mesmo valor na conta Dinheiro.

Saldo inicial

Quando você começa a fazer um controle financeiro, provavelmente já tem valores nas contas que utiliza. Esse saldo inicial deve ser registrado. Por exemplo: se no momento em que você começou a fazer o controle tinha R$ 50,00 no bolso, registre uma entrada na conta Dinheiro do tipo Saldo inicial. Se você começou o controle com uma dívida de R$ 700,00 no cartão de crédito registre esse saldo inicial na coluna saída.

Compras parceladas e pré datadas

Quando você fizer uma compra parcelada registre todas as parcelas de uma vez criando várias linhas na planilha, uma para cada parcela. No campo data registre a data prevista da cobrança de cada parcela. Dessa forma, você vai ter uma melhor controle do seu fluxo de caixa futuro.

Se você emitir cheque predatado lance o valor imediatamente, registrando a data provável de compensação do cheque. Depois é só acertar a data da compensação efetiva.

Despesas não especificadas

Provavelmente, você não vai conseguir controlar todas as despesas miúdas. Nesse caso, lance o valor das despesas que escaparam do seu controle de uma vez só no tipo não especificado. Óbvio que esse lançamento deve ser mínimo, senão não há sentido em fazer a planilha.

Ajustes

Pode ser que no final do mês os saldos da sua planilha não batam com a realidade dos extratos que você recebe pelo correio. Se não conseguir encontrar o furo lance um valor de ajuste para atualizar a planilha com a realidade. Antes de lançar mão desse artifício, porém faça uma conferência na planilha para ver se encontra onde está o furo.

Moeda estrangeira

Se você faz compras em moeda estrangeira com cartão de crédito internacional registre o valor em reais considerando a cotação do dólar vigente no dia da transação e ajuste esse valor quando a fatura do cartão for fechada. O mesmo vale para o PayPal. Registre na planilha o saldo do PayPal em reais usando a cotação que o serviço disponibiliza. Periodicamente será preciso ajustar esse saldo na planilha, pois a cotação oscila.

Investimentos

Uma dificuldade no controle financeiro pessoal é registrar uma compra de dólar ou investimentos em aplicações financeiras. A dica nesse caso é fazer o seguinte: imagine que você comprou US$ 1.000,00 usando R$ 3.500,00 da conta dinheiro. Registre uma saída da conta dinheiro no valor de R$ 3.500,00 do tipo Moeda estrangeira e só. Para efeito de controle financeiro você está R$ 3.500,00 mais pobre. Não tem como misturar na mesma planilha moedas diferentes. A planilha é só para valores em reais. Futuramente, quando você trocar os dólares por reais faça o lançamento da entrada de reais na planilha. O controle de investimentos deve ser feito em outra planilha específica para este fim.

Alimentação da planilha

Lance as transações na planilha em ordem cronológica se possível. Assim, a planilha ficará parecida com os extratos de banco e de cartão. Caso contrário digite os dados à medida que forem chegando sem se preocupar com a ordem e use o recurso de classificação do Excel para organizar a planilha por data.

Analisando os dados

Para analisar sua situação financeira você deve usar os filtros do Excel.

  • Saldo geral. Para ver o total de entradas e saídas filtre a planilha por tipo excluindo da visualização as transferências .
  • Gastos por período. Filtre os dados por data para ver o que aconteceu em um período específico que pode ser um mês ou um ano completo..
  • Movimentação de uma conta. Filtre a planilha por conta e exiba somente os dados da conta selecionada.
  • Gastos por tipo. Filtre a planilha por classificação para ver como estão seus gastos em cada tipo de despesa.

Veja também: Controle financeiro em Excel


Controle suas finanças pessoais e familiares com esta planilha registrando suas despesas, receitas e investimentos. Crie planos de contas, agende lançamentos periódicos, analise os dados em gráficos e economize tempo. Faça o download grátis.

2 thoughts on “Como controlar o orçamento doméstico no Excel

  1. carlos 28/05/2018 at 17:05

    Boa Tarde!
    Comecei a colocar novas informações em lançamentos,alterei os banco pois trabalho com o Bb,mas na parte dos gráficos as informações não foram alteradas automaticamente,e mesmo assim não consigo modifica-las

  2. Radamés 28/05/2018 at 17:24

    Olá. A atualização dos gráficos dinâmicos do Excel não é instantânea. Clique com o botão direito na tabela dinâmica do gráfico e na opção ATUALIZAR. Ou então deixe que na próxima vez que abrir a planilha atualiza automaticamente.

Sua opinião me interessa