Quirera lapeana

Prato típico da cozinha paranaense ligado à vida nas fazendas coloniais e à lida  rústica dos tropeiros. Ideal para dias frios de inverno.

Custo: $S
Dificuldade: Fácil
Rendimento: Serve quatro pessoas.
Tempo: Médio.

Ingredientes

  • 500 g de quirera amarela.
  • 500 g de costela suína fresca.
  • 500 g de suã de porco.
  • Duas cebolas médias picadas.
  • Três cabeças grandes de alho picadas.
  • Uma colher de sobremesa de sal.
  • Pimenta do reino a gosto.
  • Salsinha picada a gosto.
  • Cebolinha picada a gosto.
  • Ramo de manjerona picado.

Preparo

  • Lave a quirera e deixe-a na água morna por meia hora para hidratar.
  • Corte a costela e o suã em pedaços separando os ossos.
  • Em uma panela de ferro, frite a carne bem dourando todos os lados.
  • Na gordura liberada frite a cebola e o alho até dourar.
  • Acrescente água aos poucos até alcançar metade da carne, adicione metade do sal e cozinhe até amolecer (cerca de 30 minutos).
  • Acrescente a quirera e a outra metade do sal.
  • Cozinhe mexendo sempre e adicionando água à medida que a quirera hidrata. (Cerca de 20 minutos) Deve ficar úmida, mas não aguada.
  • Estará no ponto quando a quirera estiver cozida ao dente (não muito mole).
  • Ajuste o sal, adicione salsinha, cebolinha e a manjerona, mexa bem e pode servir.

Variações

  • Prove também com costelinha de porco defumada. Nesse caso, hidrate a costelinha antes de por na panela e não precisa fritar.
  • Para evitar que a carne amoleca demais, remova as carnes da panela quando estiverem no ponto e cozinhe a quirera. No final, volte as carnes para a panela.

Utensílios especiais

  • Panela de ferro grande. Não é obrigatória, mas reproduz melhor as condições em que a receita era feita originalmente.

Uma pitada de opinião