Lambrequins

Lambrequim é um elemento arquitetônico decorativo aplicado no beiral da construção. Feito em madeira, pode ter desenhos variados, alguns simples, outros bem elaborados. Não há um acordo sobre a função do lambrequim.  Alguns dizem que serve para ajudar no escoamento da água do telhado, outros que tem função meramente decorativa.

O lambrequim foi bastante usado na arquitetura do sul do Brasil no final do século XIX e início do século XX. Tornou-se um traço característico da arquitetura dos imigrantes europeus na região. Era comum ver lambrequins nas casas de alemães, italianos, poloneses e ucranianos. Com o tempo o uso da madeira nas construções foi sendo reduzido e os lambrequins foram sumindo, mas ainda hoje é possível encontrá-los em várias construções remanescentes daquele período. Em Curitiba, por exemplo, procurando bem é possível contar algumas dezenas de construções ornadas com esse elemento.

Lambrequins

De uns tempos para cá o lambrequim se tornou um elemento nostálgico e vem sendo aplicado em construções novas ou nas mais antigas ao serem restauradas. Em Curitiba, há vários casos de construções que não tinham lambrequins originalmente, mas que incorporaram o elemento mais tarde na tentativa de enfatizar um traço cultural, remeter a um passado nostálgico ou dar um apelo turístico à edificação.

Os lambrequins me trazem recordações da infância. Quando os vejo, lembro daquelas velhinhas de lenço na cabeça que iam de carroça vender os produtos do sítio na cidade; lembro de casas com sótão, de fogão a lenha, dos retratos ovais dos nonos na parede da sala e de colher pinhão no quintal. Lambrequins são mais que lambrequins.

About Radamés

Engenheiro curitibano pela UFPR, professor e produtor de conteúdos e ferramentas educacionais para a Internet.

Sua opinião me interessa.

Scroll To Top