As leitoras de ambos os sexos deste post

Você, caro leitor, pode pensar que o título deste post tem um erro de concordância, mas foi proposital. A ideia era chamar a atenção para as formas de citar grupos que têm pessoas de ambos os sexos. Quando as mulheres ouvem expressões como: os telespectadores da novela, os leitores da revista, ou os ouvintes da rádio, entendem que também estão consideradas, afinal já se adaptaram ao costume de usar a forma masculina do substantivo para designar o conjunto inteiro, inclusive os membros femininos do grupo. Se um homem, por outro lado, escutar a expressão as telespectadoras da novela, logo sai dizendo que não é com ele, mesmo que muitos homens assistam novela.

A língua portuguesa tem uma estrutura gramatical baseada em duas categorias de gênero: masculino e feminino. Não dispomos de uma categoria unissex para designar grupos mistos, nem categoria assexuada para os objetos inanimados. Em português, mesmo os substantivos sem sexo têm gênero implícito. Dizemos o carro, a casa e o livro. Imagine o nó que isso dá na cabeça de um inglês que tenta aprender nossa língua, já que ele fala simplesmente the car, the house e the book. Essas características da categoria gênero do português são vistas como problema por alguns, mas ninguém até hoje deixou de se comunicar por conta de problemas com o gênero das palavras.

Já que não temos a categoria unissex em português qual seria a solução mais polida para nos referirmos aos leitores deste blog, independente de sexo ou opção sexual? Os tradicionalistas vão sugerir o uso da forma masculina sempre que se citar grupos mistos.

Os leitores deste post.

Os politicamente corretos, também conhecidos como pateticamente pedantes, sugerem aquela sopa de letrinhas e parênteses.

Os(as) leitores(as) deste post.

Os paparicadores de donzelas vão dizer que as mulheres vão sempre à frente, logo o certo seria dizer:

As leitoras deste post.

Sou simpático a usar o gênero da maioria. Por essa regra dizemos: os borracheiros, as costureiras, os estivadores e as cabeleireiras.Como não sei se o público de meu blog tem mais mulheres do que homens só me resta dizer:

As leitoras e os leitores deste post.

Reparem que usei a regra de Sarney segundo a qual mulheres são cumprimentadas primeiro (Brasileiras e brasileiros…), mas pensando bem, essa história de ladies first me parece um pouco machista para os tempos atuais … Como resolver a parada? … Ah, sim:

Vocês que leem este post, obrigado por me seguirem até a última linha.

Veja também: Conjugador de verbos em Excel

Para provar que existe lógica em nossa língua resolvi criar um conjugador de verbos em Excel. Baixe a planilha e use no celular ou no computador.
Download

Assista ao vídeo, veja como a planilha funciona e entenda melhor o nosso sistema de verbos.

1 pensou em “As leitoras de ambos os sexos deste post

Sua opinião me interessa