Homem que é homem

Esses dias eu almoçava no restaurante e não pude deixar de ouvir uma conversa animada de mulheres que discutiam a utilidade do homem. Uma delas disse que homem só serve para carregar peso e pagar despesas. Confesso que fiquei abalado com a declaração, afinal eu pensava que nesses tempos pós-modernos as mulheres queiram os homem somente para o sexo. Durante a tarde, meditando no assunto, conclui que o machismo é uma filosofia mais difundida entre as mulheres do que entre os homens. No mesmo dia, assisti alguns trechos da novela das nove. Eu estava passando pela sala bem ha hora, bem entendido. Chocado, vi personagens femininas tratando homens como meros objetos sexuais. Opa, pelo menos na novela os homens são úteis para o sexo. No intervalo da novela passou uma propaganda da Bombril onde a Marisa Orth recomenda às mulheres que tratem seus homens como cachorrinhos. No final desse dia revelador eu estava cheio de questionamentos. Afinal, o que as mulheres esperam dos homens? O que é ser homem no século XXI? Atormentado pelo crepúsculo do macho cheguei a algumas conclusões. Homem que é homem …

Assiste novela. Não precisa ficar dando desculpas de que só viu um trechinho enquanto esperava o futebol. A novela contemporânea é uma crítica de costumes que pode nos dar valiosas dicas sobre o comportamento humano, em especial o feminino. Além do mais, não importa o que você vê mas com que olhos vê o que vê.

Faz balé. Convenhamos, dar aqueles saltos no ar e erguer a bailarina com uma só mão requer muita força e preparo físico. Coisa de macho.

Chora. Sim, o homem moderno pode chorar de vez em quando desde que seja por um motivo razoável. Uma lágrima derramada em momentos tensos revela sensibilidade e dá um toque de humanidade ao brucutu.

Tem pegada. O homem moderno pode ser romântico, mas a tal da pegada está a cada dia mais popular. Parece que as mulheres gostam de homens sensíveis, desde que compareçam na hora H.

Luta pela igualdade entre os sexos. Por que mulher se aposenta antes se elas vivem mais? Por que a maioria das mulheres não se sujeita a virar o galão de água mineral? Vamos levar a sério essa história de igualdade de direitos.

Talvez um dia o homem contemporâneo oprimido consiga se libertar dos estereótipos. Não somos meros provedores, objetos sexuais, caras que fazem o serviço pesado, sujo e perigoso. Não sei não, mas acho que precisamos criar o Dia Internacional do Homem.

Veja também: Todos os países do mundo no Excel

Nesta planilha você encontra dados de todos os países do mundo, além de territórios autônomos e áreas em disputa. Com ela é possível fazer boas análises que interessam a quem gosta de Geografia, para quem viaja e a estudantes fazendo pesquisas. Faça o download grátis.

Assista ao vídeo com a análise dos dados da planilha.

2 pensou em “Homem que é homem

  1. Achei por acaso e lendo ri muito,
    Eu nasci em 1960, as mulheres eram criadas de forma diferente, estudo e trabalho mas ainda ansiavam um casamento como forma de felicidade.
    Os homens não se depilavam nem faziam limpeza de pele, tão pouco tinham que ser bonitos, seu caráter era o que mais contava. Hoje ou são bonitos ou a conta bancária tem que ser.
    Mas voltando aos direitos e a ter um dia para eles, penso que por mais que as mulheres estejam desequilibradas tentando usa-los como objeto sexual ou usando-os para serviço pesado como virar um galão de agua, ainda é pouco pelo que eles ja aprontaram desde o começo dos tempos.
    Não seria justo dar a eles um dia, por que ja lhes demos o bastante carregando-os em nosso ventre.
    Na verdade hoje eles aprendem a caminhar com a mulher de mãos dadas, e aprenderam ainda mais.
    De mãos dadas homens e mulheres se respeitando mutuamente baterão no futuro um bolão.
    W.B.

  2. 🙂

    Homem que é homem não segue modas…

    Homem não é o igual da mulher, nem vice versa.

    Homem e mulher são complementares, não iguais, e que complementaridade maravilhosa.

    (o homem, e a mulher, são geneticamente mais parecidos com os macacos de mesmo sexo, (98%) que ente si (95%).

    Nada mudou, verdadeiramente 🙂

Sua opinião me interessa