A política como ela é

Entender o ecossistema eleitoral não é fácil, mas vou falar um pouco sobre a eleição municipal aqui onde eu moro.

A prefeitura de Curitiba será disputada em segundo turno por Ratinho Júnior e Gustavo Fruet.

Ratinho Júnior é filho do Ratinho Massa (ex-deputado federal pelo PRN, empresário, apresentador e dono de uma rede de comunicação).

Fruet é filho do ex-prefeito de Curitiba Maurício Fruet  (PMDB).

Ratinho Junior, 31 anos, foi do PSB, passou pelo PPS e agora está no PSC.

O PPS, por onde Ratinho Júnior passou, é dirigido no Paraná por Rubens Bueno, que foi vice na chapa do derrotado Luciano Ducci (PSB) que trocou farpas durante a campanha com Ratinho Júnior.

Uma das lideranças do PSC, atual partido de Ratinho Júnior, é Hidekazu Takayama que já foi colega de partido de Fruet no PMDB.

Fruet, 49 anos, foi do PMDB, mudou para o PSDB e atualmente está no PDT.

Um dos caciques do PDT no Paraná é Osmar Dias, irmão do senador Álvaro Dias do PSDB, partido que não quis Fruet como candidato a prefeito.

Fruet enquanto estava no PSDB criticava o PT, mas está coligado com o PT nesta eleição.

O Governador Beto Richa (PSDB) que é filho do ex-governador José Richa (PMDB) não apoiou Fruet que foi de seu partido por vários anos.

Beto Richa preferiu apostar em Luciano Ducci que não passou do primeiro turno e é do PSB, partido aliado da presidente Dilma do PT, rival histórico do PSDB de Beto.

O senador Requião (PMDB) também não apoia Fruet que foi do PMDB por vários anos.

Requião apoia Ratinho Júnior, mas em período eleitoral gosta de pegar carona na onda do PT. que apoia Fruet.

O candidato derrotado em primeiro turno Rafael Greca (PMDB, ex-PDS, ex-PDT e ex-PFL) não declarou apoio a Ratinho Júnior contrariando o cacique do seu partido (Requião), mas divergência no PMDB paranaense não causa espanto. Vários políticos do PMDB paranaense apoiaram o candidato derrotado Luciano Ducci (PSB) que é do grupo do ex-governador Jaime Lerner, arqui-rival de Requião.

No PSDB paranaense em segundo turno os apoios se dividem: alguns vão para Fruet e outros para Ratinho Júnior embora ambos estejam próximos do governo federal e o PSDB seja de oposição.

O DEM vai apoiar Fruet embora os partidos com quem ele está coligado sejam rivais do DEM.

O Partido Comunista do Brasil apóia o Ratinho Júnior (grande empresário capitalista de comunicação) embora governe com o PT que apoia Fruet. Ratinho Júnior era do PPS partido que sucedeu o PCB, o partidão, rival histórico do PCdoB.

A presidenta Dilma não vai apoiar nem Ratinho Júnior nem Fruet porque ambos a apoiam em nível federal. A ministra Gleisi Hoffmann (PT), braço direito de Dilma, ao contrário, vai entrar com tudo na campanha do Fruet.

Tenho a impressão que se eu fizer um post similar a este nas eleições de 2016 vou citar os mesmos nomes, talvez com um troca troca de partidos,  apoios e rivalidades.

Veja também: Todos os países do mundo no Excel

Nesta planilha você encontra dados de todos os países do mundo, além de territórios autônomos e áreas em disputa. Com ela é possível fazer boas análises que interessam a quem gosta de Geografia, para quem viaja e a estudantes fazendo pesquisas. Faça o download grátis.

Assista ao vídeo com a análise dos dados da planilha.

Sua opinião me interessa