Promissor

Aos meus olhos
me vejo sempre promissor,
embora já não seja jovem
e os outros não compartilhem
comigo este delírio.
Sim, amanhã farei o verso
que há de me redimir.
Amanhã terei a idéia
para uma obra estupenda.
Amanhã estarei pronto
e assumirei galhardo
o meu fulgurante destino.
Amanhã farei tudo isto.

Autor: Radamés

Engenheiro curitibano pela UFPR, professor e produtor de conteúdos e ferramentas educacionais para a Internet.

Seu comentário também é poesia