Visões

Em um futuro esquecido
os humano-computadores
têm formidável entendimento
e frágeis sentimentos humanos.
As máquinas se auto reproduzem
e evoluem num ritmo inimaginável.
Os robôs são tão iguais aos homens,
que não há meios de saber
quem é robô e quem é homem.
A realidade virtual
é controlada pelos super computadores
e não se distingüe mais
da realidade de outrora, aliás,
o entendimento de realidade mudou
desde que as máquinas descobriram
o segredo para recombinar a matéria
pela vontade.
A humanidade sucumbiu
e o que restou dela
vaga pelo espaço numa imensa
espaçonave, muito maior
que a maior das megalópeles
que existiram no passado.
Nesta cidade sinistra
os humanos são párias
e as máquinas governam.
Acima de tudo e todos
está um cérebro-computador mestre,
atormentado e cruel
por ser imortal e não ter alma,
que lê a Bíblia setenta vezes sete vezes
a cada segundo
e nomeia a si mesmo
o Armagedom.

Navegante solitário

A décima segunda badalada
desperta o vampiro bandalho.
A milenar flor de luxúria
que move o mundo.
Vaga o velho vampiro
pelos caminhos batidos da perdição.
Onde boca fresca e entre aberta
a esta hora deserta?
Onde coxa roliça e rija
para meu carinho ríspido?
Onde bundinha empinadinha
para meu doce açoite?
A cidade das sombras se abre
deserta para meu pecado brutal.
Em vão deslizo pelas paredes escorregadias
de virtual Sodoma.
O comércio ambulante do desejo
cintila em promessas úmidas.
Pelo volante da infovia passam
coxas tesas,
o biquinho de seio mais tenro,
a virilha melada,
o gemido crispado,
o torso contraído,
o leite condensado.
Viajo um mundo,
um mundo se cria,
um mundo se esvai.
Mas um raio de sol
perfura o horizonte
e o vampiro eremita
se recolhe à cripta lúgubre.
A torneira gelada pinga.
Os morcegos se penduram no cabide.
Um gif animado, mecanicamente,
abre e fecha as pernas,
fecha e abre,
abre e fecha.

Personal web site

No deserto cibernético:
Seja bem-vindo ao meu site.
Este sou eu.
Aqui estou.
Aqui, eu alegre.
E aqui, eu triste.
Aqui, eu de perfil.
Meus links favoritos.
Todos dizem que sou…
Seção com fotos minhas…
A história de minha vida
O que eu mais gosto.
Um pouquinho mais sobre mim.
Se você quiser saber mais…
sobre mim…
Entre em contato comigo.
Você é minha visita
000000000001
Volte sempre
para conferir as minhas novidades.
Este site foi feito por mim mesmo.

Mensagem

O náufrago se aproxima da arrebentação
e lança a garrafa ao mar.
O que nela se contém?
Pedido de socorro,
oferenda aos deuses,
declaração de amor?
As águas tecnológicas devoram as palavras
e as levam para destino incerto.
Noutra praia, noutra máquina,
outro náufrago, sentado espera.

Eu S.A.

O que você está esperando?
Aproxime-se e venha conhecer-me.
Sou aerodinâmico,
moderno e reciclável.
Adquirindo-me você
estará levando para sua casa
ou sua empresa um produto
globalizado, classe mundial,
dentro das mais rígidas normas ISO.
Estou em constante evolução.
Criativo, integrado,
gosto de trabalhar em equipe
e adoro desafios.
Repare nos meus detalhes de acabamento:
Gazeta Mercantil,
caneta tinteiro Mont Blanc
e saudades do Paulo Francis.
Diga adeus aos infláveis
e àqueles similares nacionais
que nunca foram a Nova York.
A hora é agora, o momento é já.
Para maiores informações
acesse-me por e-mail, ICQ,
vídeo conferência, celular,
telefone, fax, bip, caixa postal
ou visite meu Personal Web site.
Aceito todos os cartões.