Uma bicicleta a mais, um carro a menos

Senhores motoristas, antes de dizerem que bicicletas atrapalham o trânsito lembrem dessa fórmula simples: uma bicicleta a mais é um carro a menos na rua. Alguns podem argumentar: “ah, duvido que ciclistas sejam ex-motoristas.” Bem, se não eram podem vir a ser futuros motoristas, caso continuemos a matar, mutilar e inviabilizar a circulação dos ciclistas.

Quem acompanha o noticiário deve ter percebido que as iniciativas para aumentar o uso da bicicleta estão acontecendo simultaneamente a um aumento da brutalidade contra os ciclistas. Quase diariamente vemos notícias de ciclistas mortos ou feridos pela imprudência de motoristas que se acham donos da rua. Já pensei em ir trabalhar de bicicleta, mas quando faço mentalmente o trajeto de casa até o serviço me vem à cabeça os riscos que terei que enfrentar diariamente. Se alguns motoristas não têm paciência comigo quando dirijo meu dentro dos limites de velocidade imagine como tratam quem está sobre duas rodas.

Continue lendo “Uma bicicleta a mais, um carro a menos”

Profissões de futuro verde

O futuro é verde e se não for provavelmente estaremos ausentes nessa nova etapa da História. Não estamos mais falando de ambiental ismo idealista e, sim, de economia verde, de uma nova realidade em que precisamos enfrentar os desafios da superpopulação e do esgotamento dos recursos naturais. Nesse cenário verde novas profissões vão surgir e algumas das tradicionais vão se transformar para atender às novas necessidades. Aqui vão alguns exemplos desse novo mercado de trabalho.

Continue lendo “Profissões de futuro verde”

O futuro do planeta segundo Otimístio e Pessimístio

As notícias abaixo desenham cenários opostos para o planeta em 2050. Ambas foram publicadas na mesma semana pela Folha.com e se baseiam em relatórios da ONU.

A primeira notícia sugere um futuro ambientalmente mais responsável onde a matriz energética mundial passaria por uma transformação radical migrando da dependência dos combustíveis fósseis para o uso de fontes renováveis e de menor impacto ambiental. A segunda notícia traça um cenário apocalíptico em que o consumo de recursos naturais explodiria com conseqüências sombrias para a preservação da nossa espécie.

Continue lendo “O futuro do planeta segundo Otimístio e Pessimístio”