Arquivo da tag: carros

Os carros mais econômicos do Brasil

Conheça os carros mais econômicos comercializados no Brasil segundo o Inmetro em vários anos. Estamos falando de economia de energia. Como há vários tipos de combustível (diesel, etanol, eletricidade, gasolina) o Inmetro tem adotado mais recentemente a medida MJ/km (Mega Joule por quilômetro) que permite fazer comparações entre combustíveis diferentes.

Carros mais econômicos em 2020

A tabela Inmetro 2020 veio com 1034 modelos comercializados no Brasil. Pelo método do consumo em MJ/km os carros elétricos são maioria. Na tabela abaixo temos os modelos com consumo energético inferior a 1,0 MJ/km.

MarcaModeloMotor e versãoCategoriaMJ/km
RenaultTwizyElétrico IntenseSubcompacto0,39
BMWi30. 647 ­ 8V  120 REX  Médio0,41
Caoa CheryArrizo 5ElétricoGrande0,55
JacIEV 40ElétricoUtilitário esp. compacto0,56
NissanLeafElétrico  TEKNA  Grande0,58
RenaultZoe LRElétrico IntenseMédio0,65
RenaultZoe LRElétrico LifeMédio0,65
RenaultZoe LRElétrico ULT LRMédio0,65
RenaultZoe NRElétrico IntenseMédio0,65
RenaultZoe LRElétrico LifeMédio0,65
JaguarI-PaceElétrico E400 SEExtra grande0,72
JaguarI-PaceElétrico E400 HSEExtra grande0,72
JaguarI-PaceElétrico E400 SEExtra grande0,72
JaguarI-PaceElétrico E400 FIRSTEDExtra grande0,72
BMWi8 1.5­12V  Roadster  Esportivo0,78
BMW530e 2.0­16V  IPerformance  Extra grande0,85
VolvoXC40 1.5­12V  T5H RDesign  Utilitário esp. gr.0,85
VolvoXC40 1.5­12V  T5H Momentum  Utilitário esp, gr.0,85
VolvoXC40 1.5­12V  T5H Inscription  Utilitário esp, gr.0,85
VolvoS90 2.0­16V Turbo  T8 Inscription   Extra grande0,88
VolvoS90 2.0­16V Turbo  T8 R­Design  Extra grande0,88
BMW745Le 3.0­24V  Esportivo0,88
MiniCountryman 1.5 ­ 12V  ALL4 SE  Médio0,88
VolvoS60 2.0­16V  T8 Inscript  Extra grande0,91
VolvoS60 2.0­16V  T8 Polestar  Extra grande0,91
VolvoS60 2.0­16V  T8 R­Design  Extra grande0,91
BMWX5 3.0 ­ 24V  xDrive 45e  Utilitário esp. gr. 4×40,98
twizy
Twizy
Continue lendo Os carros mais econômicos do Brasil

Quem precisa de carro flex?

Em um mundo ecologicamente perfeito não haveria carros flex. Pensando bem, nesse mundo não haveria automóveis, mas vamos manter o pé na realidade e entender os prós e contras do carro flex. No Brasil, flex é o carro bicombustível que roda com álcool hidratado, com a gasolina nacional (que tem 25% de álcool) ou com a mistura em qualquer proporção desses dois combustíveis. Álcool e gasolina têm propriedades diferentes e cada um precisa de uma regulagem própria do motor para alcançar o melhor rendimento. Os carros flex fazem algumas regulagens automaticamente para se adaptar à mistura presente no tanque. A diferença mais importante em termos de regulagem, porém, é a taxa de compressão. Ela deve ser mais alta para o álcool, mas os carros flex não têm regulagem dinâmica da taxa de compressão do motor. Em vez disso, usam uma taxa intermediária fixa. A conseqüência é que o motor flex não fica na regulagem ideal nem para álcool, nem para gasolina e rende menos do que carros com motores mono combustível equivalentes. Só para exemplificar: a Saveiro total flex 1.6 faz 8,7 km/l com álcool. A Saveiro 1.6 a álcool de 1986 fazia 10,67 km/l. Parece piada, mas no Brasil tem carro velho rendendo mais do que carro novo cheio de tecnologia.

Continue lendo Quem precisa de carro flex?

Carro preto é ruim para o meio ambiente?

O estado americano da Califórnia tem fama de estar na vanguarda da legislação ambiental. Parabéns ao exterminador de emissões e governador Arnold Schwarzenegger. Recentemente, porém, os legisladores californianos lançaram uma proposta no mínimo polêmica. A assembléia da Califórnia pode aprovar uma lei que impõe limite mínimo para a refletividade da pintura dos carros. Explicando: os carros vão ter que refletir a luz solar com eficiência para evitar que fiquem muito aquecidos quando expostos ao sol. Dessa forma, o veículo economiza no ar condicionado, consome menos combustível e lança menos carbono na atmosfera. Essa lei pode inviabilizar a fabricação de carros pretos que absorvem mais os raios solares do que as cores claras.

Continue lendo Carro preto é ruim para o meio ambiente?

Etanol – álcool combustível

O Brasil começou a produzir álcool combustível em escala industrial ainda na década de 1970. No início do Proálcool (Programa Nacional do Álcool), a idéia era diminuir  a dependência do país em relação ao petróleo, que tinha sofrido uma forte alta de preços na época. Desde então, o Brasil mantém seu programa de produção de combustível a partir da cana de açúcar. Com o aumento do efeito estufa, o álcool passou a ser uma fonte de energia interessante também sob o aspecto ambiental. Há vários fatores a favor do uso do etanol como combustível e outros tantos que comprometem o seu uso. Vamos relacionar os principais a seguir:

Continue lendo Etanol – álcool combustível