Arquivo da tag: consumo de energia

Os refrigeradores mais econômicos do Brasil

O Inmetro divulgou seu relatório 2020 do programa nacional de etiquetagem para refrigeradores. As planilhas trazem 284 modelos e os mais econômicos estão nas tabelas abaixo. As tabelas estão divididas em quatro categorias: refrigeradores tradicionais, refrigradores frost-free, combinados e combinados frost-free. Para cada categoria apresentamos os cinco modelos mais econômicos em consumo de energia elétrica.

A oferta de modelos indica que o mercado caminha na direção de volumes de refrigeração e consumo de energia cada vez maiores. O maior volume de refrigeração disponível no mercado doméstico é de 765 litros e 61 modelos ultrapassam 500 litros de volume refrigerado total. Quem precisa de todo esse volume refrigerado? Pessoas que carneiam porco em casa, talvez.

Continue lendo Os refrigeradores mais econômicos do Brasil

Seja ecológico, desligue seu computador

Não precisa desligar o computador agora. Pode ler este post com calma, mas pense em quanto tempo você mantém seu computador ligado diariamente. Em dias úteis, eu passo mais de dez horas por dia diante de um computador. Ele é minha ferramenta de trabalho e de lazer e o consumo de energia com esse uso intenso não pode ser ignorado. Adotando as melhores práticas dá para reduzir muito o consumo do computador; pena que poucos prestem atenção a esta questão a começar pela indústria que raramente divulga o consumo de seus aparelhos ou mostra preocupação em torná-los mais eficientes. Consultando as tabelas do Energy Star encontramos diferenças enormes de eficiência energética entre aparelhos  Um computador pode consumir o triplo do que outro de configuração similar. Os usuários também não prestam muita atenção no consumo de seus computadores como se fosse algo desprezível. Já vi gente sair de férias deixando o computador ligado no escritório. Para ser mais convincente no que estou dizendo, vamos às dicas e aos números.

Continue lendo Seja ecológico, desligue seu computador

Qual é a energia mais perigosa: petróleo, carvão, gás ou nuclear?

Quando recebemos notícias sobre o desastre nuclear de Fukushima ficamos assustados com os riscos que a energia nuclear apresenta. Um acidente nuclear é sempre uma ameaça de grandes proporções ao ser humano e ao meio ambiente. O desfecho do acidente de Fukushima ainda é incerto, mas felizmente seu balanço final deve ser menos trágico que o de Chernobyl, de longe, o pior acidente nuclear da história.

Diante das notícias ruins que chegam de Fukushima somos tentados a perguntar: não seria melhor fechar de vez as usinas nucleares? Que bom se a resposta fosse simples, mas antes de responde-la é bom pensar na pergunta que vem logo em seguida: que fonte de energia seria usada para substituir a nuclear? A matriz energética mundial ainda é dependente dos combustíveis fósseis e não seria exagero afirmar que o fechamento de uma usina nuclear hoje implicaria na construção de outra do tipo termoelétrica movida a óleo, gás ou carvão.

É claro que o ideal seria substituir a energia nuclear e dos combustíveis fósseis por fontes mais limpas como a solar, eólica ou de biomassa, mas enquanto esse sonho não se adapta à realidade dos números temos que fazer escolhas difíceis: energia nuclear ou combustíveis fósseis? Qual é a fonte menos perigosa? Qual delas prejudica menos o meio ambiente? Para ajudar na argumentação sugiro uma visita aos artigos da Wikipedia que tratam de acidentes nas indústrias da energia.

Continue lendo Qual é a energia mais perigosa: petróleo, carvão, gás ou nuclear?

Casa autônoma é um sonho ecológico possível?

Viver em uma casa ecológica é o sonho de muita gente, mas o que define a casa ecológica? A condição essencial é que ela gere um impacto ambiental bem menor do que as casas “normais”. Quanto menor? É difícil dizer, pois não existe padrão para esse cálculo.

Na minha escala pessoal eu diria que uma redução de pelo menos um terço seria o mínimo aceitável. Ecologistas mais aguerridos, porém, sonham mais alto e acreditam que uma casa pode alcançar níveis muito baixos de impacto ambiental chegando em alguns quesitos ao impacto zero. Uma das formas de reduzir o dano ambiental de uma moradia é torna-la autônoma em vários aspectos como veremos a seguir:

Continue lendo Casa autônoma é um sonho ecológico possível?

Menos cômodo, porém ecológico, econômico e saudável

Existe uma regra sobre atitudes ecológicas que se verifica em quase todas as situações: O que é mais ecológico, também é mais econômico e mais saudável. O preço que temos que pagar por essas vantagens é alguma perda de comodidade, item de menor peso diante dos valores em jogo na opção ecológica. Vou dar um exemplo do meu cotidiano:

Continue lendo Menos cômodo, porém ecológico, econômico e saudável