Rumo ao resíduo zero

A casa ecológica produz pouco resíduo sólido, graças a uma série de boas práticas dos moradores, mas será que é possível reduzir esse resíduo a zero? Provavelmente não no estágio atual da nossa sociedade, a menos que se adote um estilo radical de vida inviável para a maioria das pessoas. Uma volta pelos corredores do supermercado nos mostra que muitos produtos são vendidos em embalagens pouco ecológicas que vão gerar resíduo não reciclável mais adiante. O que fazer então? Passar fome ou viver de uma pequena horta orgânica plantada no quintal? Calma! A dificuldade não deve desanimar o cidadão ecológico, pois se não é possível zerar o resíduo da casa dá para amenizar bastante a situação tratando em casa uma parte dele, garantindo que todo o resíduo reciclável seja efetivamente reciclado e reduzindo ao mínimo o material não reciclável. Vamos fazer algumas contas de padeiro para ver até onde é possível chegar sem esforços hercúleos.

Continue lendo “Rumo ao resíduo zero”

Como viver de água da chuva

A captação de água da chuva para consumo residencial está começando a se popularizar, no entanto, a maioria dos projetos tem por objetivo substituir apenas parcialmente a água fornecida pela concessionária. Ainda são raras propostas mais radicais como a de viver apenas com água da chuva. A ideia pode parecer estranha para quem imagina a água como um líquido farto que brota daquele cano que vem da rua. Quem vive no sítio sabe que a água também pode vir do fundo da terra ou da mina ao pé da serra. Em meio urbano, porém, a chuva é a opção próxima menos poluída que o cidadão dispõe para atender as necessidades da casa ecológica.

Continue lendo “Como viver de água da chuva”

Requeijão em copos de vidro forever

Faz algum tempo escrevi um post sobre minha tristeza diante do iminente desaparecimento do requeijão em embalagens de vidro. O copo de vidro de requeijão pode ser reutilizado em casa para uso geral e, por isso, é um bem ecológico. Para meu consolo, não sou o único a pensar assim. A arquiteta Andrea Bandoni criou o Projeto Requeijão, que tem por objetivo a preservação das embalagens de vidro do produto. Quem quiser saber mais sobre o assunto visite o blog do projeto. Tomara que esse projeto seja o primeiro passo de uma proposta maior. Temos que lutar para que todos os produtos ganhem embalagens reutilizáveis e não só o requeijão. Em tempo: quando escrevi sobre o copo de requeijão uma internauta fez um comentário que merece comentário: usar copo de requeijão para tomar suco é sintoma de pobreza? Não sei. Creio que o requeijão é um produto da classe média e não saberia dizer se os pobres consomem requeijão. Prefiro dizer que o reaproveitamento dos copos é um sintoma de consciência ecológica.

Continue lendo “Requeijão em copos de vidro forever”