Até que enfim: preços diferentes para formas de pagamento diferentes

O Governo Federal publicou em 27-12-16 medida provisória que permite aos comerciantes cobrarem preços diferenciados dependendo do meio de pagamento utilizado pelo cliente. Se o cliente pagar em dinheiro, por exemplo, talvez consiga um preço menor do que aquele que paga com cartão de crédito. Na prática, a medida legaliza o que já ocorre informalmente.

Cada meio de pagamento tem suas vantagens e desvantagens. Alguns são mais cômodos, outros mais seguros, mas todos têm um custo. Até o pagamento em dinheiro custa dinheiro, afinal, a emissão de papel moeda é um processo caro que pagamos à Casa da Moeda por meio de impostos.

cartões

Continue lendo “Até que enfim: preços diferentes para formas de pagamento diferentes”