Memes memoráveis jan 2019


Veja também: Todos os países do mundo em Excel

Baixe a planilha com dados de todos os países e territórios autônomos do mundo. Download Assista ao vídeo com a análise dos dados da planilha.

Para lembrar das tretas nas redes sociais.

18-01 Ten years challenge
Continue lendo “Memes memoráveis jan 2019”

Frases de Dona Maricota

Pense na Dona Maricota como aquela sua adorável tia do interior, sábia em sua simplicidade e que deveria ser ouvida e respeitada por formadores de opinião, intelectuais, políticos, etc.

  • Viu? Eu avisei. Agora, bem feito.
  • Depois que eu tiver deitada num caixão não adianta mais.
  • Tenho marido só pra enfeite.
  • Acordei com um mau pressentimento.
  • A gente fala fala, mas não adianta nada.
  • Quer me criticar? Então pague minhas contas.
  • Não me inveje, trabalhe.
  • Me lembro como se fosse hoje.
  • Depois dos quarenta se acordar sem dor é porque já morreu.
  • Nessa casa é tudo eu.
  • Só por Deus mesmo.
  • Não me ajudam nada em casa e querem tudo na mão.
Santa Rita de Cássia

Desaforismos e pensamentos incorretos 2018

Amontoo aqui alguns desaforismos expelidos ao longo do ano.

  • Dize-me o que compartilhas e dir-te-ei quem és.
  • Quando 99% da população souber ler, a manchete da Folha será: “Brasil ainda tem 1% de analfabetos. “
  • Nas eleições, escolha pelas melhores piadas. O humor sempre está do lado certo.
  • Dúvida eleitoral cruel: perder amigos ou perder a piada?
  • Dica de padeiro: tem candidato igual massa de pão. Quanto mais bate, mais cresce.
  • Por que as pessoas compartilham links exclusivos para assinantes?
  • Conflito de gerações é quando a mãe deixa a filha no Coletivo de Empoderamento Feminino e vai assistir a 50 Tons de Cinza.
  • A pessoa fica muito inteligente quando diz: “Entendeu ou precisa desenhar?”
  • Imagina daqui uns anos: você vai atender um cliente importante, mas ele é o cara que você excluiu em 2018 por causa de política.
  • No Brasil, uns querem voto impresso. Na Estônia, votam pela Internet.
  • Na guerra eleitoral a verdade é a primeira vítima.
  • Virá o dia em que 100% da capacidade dos computadores será consumida com atualizações e segurança.
  • Não se irrite com postagens radicais. São inconscientes pedidos de socorro de pessoas se afogando no esgoto ideológico.
  • É um privilégio viver nesse tempo confuso de contestação a partidos, mídias, sindicatos, ideologias, todos velhos.
  • Quanto mais ranço você pega, mais rançoso você fica.
  • “Tu não podes cobrar punição de mega corruptos se praticas micro corrupções no cotidiano.” Ah, vá tomar no símbolo do cobre.
  • Com a Lava-jato os políticos roubarão menos ou roubarão melhor?
  • Não entendo nada que contém a frase: Entendeu ou tem que desenhar?
  • Pareço normal, mas reparo na bagunça atrás dos selfies.
  • I HAVE A DREAM que um dia políticos serão julgados por seus crimes e não pela posição alcançada em pesquisas eleitorais duvidosas.
  • Por que algumas manifestações com menos de 100 gatos pingados ganham destaque na mídia nacional?
  • Há dois tipos de humor: o engraçado e o politicamente correto.
  • Cuidado. O computador percebe quando você não gosta dele.
O pensador de Rodin

Coisas que entregam a idade

Cuidado com algumas coisas que realmente entregam como:

Dizer: Sou do tempo em que …
Usar camiseta por dentro da calça.
Adicionar um amigo no MSN.
Chamar o PT de partido de esquerda.
“Discar” um número de telefone.
Ter foto com paletó e gravata na carteira de identidade.
“Puxar” a descarga do banheiro.
Contar que assistiu a estreia de Robocop (o original).
Lembrar dos afluentes da margem direita do rio Amazonas.
Fazer prestação com cheque pré datado.
Saber para que servia DIR, DEL e FORMAT.
Lembrar de jogos do Paraná Clube na primeira divisão.
Ter algum documento batido à máquina.
Chamar um homem para virar o galão de água mineral.
Ter ficado forte tomando Biotônico Fontoura.
Achar que bicicleta e ônibus são transporte de pobre.
Fazer compra do mês antes que os preços subam (ops, essa talvez não).
Sentir saudades da seleção do Dunga (o Dunga capitão).
Ter diploma do curso de datilografia.
Saber quem matou Salomão Ayala.
Usar a calça na linha da cintura sem mostrar a cueca.
Ter ação na justiça contra os planos Collor, Bresser, etc.

FUSCA