Qual é a energia mais perigosa: petróleo, carvão, gás ou nuclear?

Quando recebemos notícias sobre o desastre nuclear de Fukushima ficamos assustados com os riscos que a energia nuclear apresenta. Um acidente nuclear é sempre uma ameaça de grandes proporções ao ser humano e ao meio ambiente. O desfecho do acidente de Fukushima ainda é incerto, mas felizmente seu balanço final deve ser menos trágico que o de Chernobyl, de longe, o pior acidente nuclear da história. Diante das notícias ruins que chegam de Fukushima somos tentados a perguntar: não seria melhor fechar de vez as usinas nucleares? Que bom se a resposta fosse simples, mas antes de responde-la é bom pensar na pergunta que vem logo em seguida: que fonte de energia seria usada para substituir a nuclear? A matriz energética mundial ainda é dependente dos combustíveis fósseis e não seria exagero afirmar que o fechamento de uma usina nuclear hoje implicaria na construção de outra do tipo termoelétrica movida a óleo, gás ou carvão. É claro que o ideal seria substituir a energia nuclear e dos combustíveis fósseis por fontes mais limpas como a solar, eólica ou de biomassa, mas enquanto esse sonho não se adapta à realidade dos números temos que fazer escolhas difíceis: energia nuclear ou combustíveis fósseis? Qual é a fonte menos perigosa? Qual delas prejudica menos o meio ambiente? Para ajudar na argumentação sugiro uma visita aos artigos da Wikipedia que tratam de acidentes nas indústrias da energia.


Veja também: Simulador de consumo de energia em Excel

Baixe a planilha e faça um cálculo preciso do consumo de energia elétrica em sua casa. Download Assista ao vídeo e veja como usar a planilha.

Continue lendo “Qual é a energia mais perigosa: petróleo, carvão, gás ou nuclear?”