O pioramento genético do pit bull

Muitas pessoas reagem de forma brusca quando se deparam com animais potencialmente perigosos ao ser humano como aranhas, escorpiões e cobras. Com freqüência, o humano liquida a criatura perigosa sem pestanejar e essa fúria exterminadora se estende também a animais que não oferecem risco como sapos, morcegos e lagartixas. Esse comportamento instintivo e tosco de auto defesa não é registrado, porém, diante de cães pit bull. Que eu saiba, ninguém abate pit bulls a pauladas ou tiros quando cruza com um na rua embora esses cães tenham um triste histórico de agressividade contra o ser humano.

A relação dos humanos com os cães pit bull mostra a ambigüidade do nosso comportamento. Cuidamos bem dos animais domésticos e exterminamos os perigosos, certo? Pit bulls podem ser considerados animais domésticos? O que é um animal doméstico? Um animal que convive bem com humanos sem apresentar riscos para nós, dirão. Um cão de pequeno porte e de temperamento dócil se enquadra nessa definição. Um tigre asiático decididamente não é um animal doméstico. O pitbull parece estar no meio da escala. Se for submetido a treinamento e criado em condições favoráveis, esse cão pode ficar parecido com seus primos dóceis que fazem a alegria das crianças. Mas quem consegue criar um cão em condições favoráveis submetendo-o a rigoroso treinamento? Depois desta pergunta vamos a outra mais complexa: os admiradores da raça pitbull estão à procura de docilidade? Ouso dizer, que as características mais apreciadas dos pit bulls são justamente seu potencial agressivo, sua resistência a dor e sua tenacidade. Muitos criadores propositalmente submetem esses animais a um condicionamento perverso que potencializa a agressividade. A história do desenvolvimento da raça nos mostra que esses animais eram criados para participar de rinhas na velha Inglaterra. Assim como no século XIX, os cães pit bulls de hoje são criados para ser o que o dono quer. E, com raras exceções, ele quer cães violentos para que o animal seja uma projeção do ego do seu dono.

Não é de hoje que o homem faz melhoramento de espécies. Entenda-se melhoramento como o trabalho de tornar uma espécie mais útil ao interesse humano. O melhoramento genético produz frangos que crescem mais rápido e porcos com menos gordura. Também produz cães mais violentos. Neste caso, seria mais correto falar de pioramento genético. O pioramento feito com os pit bulls os afastou do perfil esperado para um animal doméstico. Some a essa carga genética uma criação confinada e estressante e teremos um animal selvagem dentro de casa.


Veja também: Todos os países do mundo em Excel

Baixe a planilha com dados de todos os países e territórios autônomos do mundo. Download Assista ao vídeo com a análise dos dados da planilha.

Qual é a solução para os pit bulls? Castrá-los para que percam a agressividade? Os donos não querem um cão dócil. Proibir a procriação da espécie até levá-los à extinção? Os donos vão desenvolver outras raças agressivas, talvez lançando mão da engenharia genética. O problema não é o pit bull, pobre criatura que apenas segue seus instintos. O problema é o dono.

Autor: Radamés

Engenheiro curitibano pela UFPR, professor e produtor de conteúdos e ferramentas educacionais para a Internet.

42 pensamentos em “O pioramento genético do pit bull”

  1. Antes de condenarem qualquer raça, dediquem um pouco de tempo para estudar sua história para saber para qual fim foram criadas.
    O American Pit Bull Terrier nunca deixará de ter em seu instinto, característica, personalidade ou como queiram denominar, o propósito de um cão de combate, sua seleção genética foi para esse fim, lutar com outros cães, o fato de morderem pessoas, faz parte da natureza de todas as raças e responsabilidade de seres humanos.
    No início de sua criação, os APBTs que perdiam uma luta eram simplesmente sacrificados e quando não sacrificados, impedidos de reproduzir pois não gerariam filhotes potencialmente agressivos e vitoriosos em seus futuros combates.
    Quando começaram a criá-lo por sua beleza, iniciou-se uma nova raça também por seleção genética a partir do APBT que é o American Staffordshire Terrier, selecionado por sua maior tolerância a outros animais e tipo físico mais compacto e musculoso que o APBT. O fato é que são terrier, cães tenazes, obstinados, que quando iniciam um ataque, se não obedientes a comandos e para isso o dono tem que estar presente e exercer liderança, imobilizam e/ou matam sua presa.
    Cães de todas as raças sempre morderão pessoas, sempre brigarão com outros cães, isso ocorre todos os dias no mundo todo só que cães com potência física maior e/ou sem supervisão, vão fatalmente por acidente ou não causar maiores ferimentos ou morte caso ataquem.
    Todas as raças devem ser criadas com responsabilidades tais como socializá-las desde filhote com pessoas e outros animais, não permitir que saiam a rua sozinhos e sem guia, caso seja agressivo castrá-lo para não reproduzir outros cães com a mesma característica enfim 100% dos ataques de cães a outros cães ou seres humanos é culpa das escolhas feitas por nós mesmo.
    Grato pelo espaço.

  2. Caro amigo.
    Como se sabe, caes tem sua origem nos lobos, q sao selvagens e atacam humanos, todos os caes tm esse estinto, sendo q depois da sua domesticaçao, continuam a atacar ou espantar pessoas q nao integram sua matilha(familia). Essa caracteristica e vista sem exeçao, em todas as raças, pequwnas medias e grandes, o q nos leva a crer q a raça nao e um paramwtro unico paramedirmos a agrecividade.
    Quando falamos q um cao qualquer mordeu uma pessoa, o fato nao assusta como quando falamos q um pitbull atacou, pq a midia apura somente o fato local, isto e, nao procura saber se o cao era espancado, torturado ou treinado para atacar( salvo q nessas circunstancias qualquer cao atacaria).
    Entao vejam q o fato do cao ser agrecivo nao se deve a raça, ja q tambm ela foi direcionada para rinha, isto e, sua agrwcvidade e para fom outros caes. Se o animal e agrecivo, nao se deve dizer q issi se deve a raça, mas sim ao criador, e a midia e admins como vc q sem qualquer preparo escreve uma barbare dessas.

  3. Boa tarde!
    gostaria de saber que são estes que ficam querendo a eliminação dos cães pit bull
    tem que eliminar os que maltrata estes animais por que eles aprendem o que ensinam, e a mesma coisa que uma criança e você ensina a ela o mau ela vai aprender o mau.
    Tenho dois e são doces com todos .

    e só um comentário.

Sua opinião me interessa