Brasil lidera em número de partidos políticos

Uma das causas da séria crise política brasileira que vivemos é a fragmentação do nosso sistema partidário. Basta olhar os números:

  • 35 partidos registrados no TSE.
  • 27 partidos com assento na Câmara de Deputados.
  • Inúmeros novos partidos em criação no TSE.
  • 14,06 partidos efetivos.

partidos

O número de partidos efetivos é calculado por uma fórmula matemática que indica o número médio de partidos com potencial de influenciar votações no Congresso. O índice brasileiro é o mais alto do mundo. Veja o ranking de 2011:
Continue lendo “Brasil lidera em número de partidos políticos”

O valor real do salário mínimo nos últimos vinte anos

Desde que foi criado em 1940 o salário mínimo subiu e desceu em valor real como uma montanha russa. Engana-se quem pensa que vivemos o período com o salário mínimo mais valorizado da história. Durante o governo JK, na década de 1950, o salário mínimo paulista chegou a superar R$ 2.000,00 em valores de hoje ficando próximo do valor que o DIEESE considera o mínimo de verdade. Tá certo que naquele tempo, o salário mínimo não era unificado nacionalmente e muitos patrões desrespeitavam a lei, pagando abaixo do mínimo aos trabalhadores. Durante o regime militar o valor real do salário mínimo também superava na média o valor atual, mas já sofria a corrosão inflacionária. Após a redemocratização do país, o valor do mínimo despencou comprometido pela inflação galopante dos governos Sarney e Collor/Itamar. O momento de valor real mais baixo aconteceu no final do governo Itamar Franco e coincidiu com a implantação do Plano Real.

dinheiro

Continue lendo “O valor real do salário mínimo nos últimos vinte anos”

Que fim levaram os candidatos a presidente da Nova República?

Desde a redemocratização em 1984 o Brasil já teve 56 candidatos a presidente concorrendo por 34 partidos diferentes. O perfil desses candidatos nos ensina sobre a nossa política. 16 desses candidatos, por exemplo, concorreram sem nunca ter exercido mandato eletivo anterior. Veja mais algumas curiosidades sobre eleições presidenciais da Nova República.

Enéas Carneiro PRONA

Quem mais concorreu?

  • Lula PT. 5 vezes (duas vitórias).
  • José Maria de Almeida PSTU: 4 vezes.
  • José Maria Eymael PSDC: 4 vezes.
  • Rui Costa Pimenta PCO: 4 vezes.

Partidos que lançaram candidatura própria

  • Sete vezes: PSDB (2 vitórias) e PT (4 vitórias).
  • Quatro vezes: PCO, PSDC, PSTU e PV.
  • Três vezes: PDT, PMDB  e PRONA.
  • Duas vezes: PCB, PMN, PPS, PRN, PRP, PRTB, PSB e PSC.
  • Uma vez: PCN, PDCdoB, PDS, PFL, PLP, PMB, PN, PP, PPB, PPR, PSL, PSN, PSP, PTB, PTdoB e PTN.

Dos 33 partidos que disputaram a presidência 22 continuam ativos e 12 foram extintos (PCN, PDCdoB, PLP, PMB, PN, PPB, PPR, PRN, PRONA, PSL, PSN e PSP). Continue lendo “Que fim levaram os candidatos a presidente da Nova República?”