Arquivo da tag: Comportamento

Características de pessoas inteligentes

Digitei o título deste post no Google para ver o que acontecia. Apareceu uma enxurrada de matérias jornalísticas e postagens de blogs que repercutiam pesquisas de instituições variadas e que se propunham a responder à pergunta. O tema parece que interessa às pessoas e, por isso, vamos ao resumo das características que eu coletei lendo os textos.

Pessoas inteligentes …

  • Gostam de ficar em casa.
  • Dormem tarde.
  • Têm poucos amigos.
  • São bagunçadas.
  • Falam sozinhas.
  • Consomem drogas.
  • Falam palavrões.
  • Não tem filhos.
  • São vegetarianos.
  • São LGBTs.
  • São primogênitos.
  • Tocam instrumento musical.
  • Tomaram leite materno.
  • São canhotos.
  • São altos.
  • São arrogantes.
Continue lendo Características de pessoas inteligentes

Desaforismos e pensamentos incorretos 2020

Continuando a série de divagações aleatórias sob uma perspectiva polemicista infame.

  • Trate bicho como bicho. Gato não é vegano, nem seu filho, nem precisa de festinha. Ele prefere brigar no telhado.
  • Você pode substituir a autoestima por autoconhecimento, por exemplo.
  • O jumento é o ser mais injustiçado nas redes sociais. Militantes raivosos xingam os adversários de jumento. Desculpe, jumento. Você é animal.
  • Paranaense desacorçoado: Esses político jaguara me deixam desacorçoado. Só tacando uma camaçada de pau nos lazarento do Djanho pra eles não ficarem de varde.
  • A frase mais politicamente correta que conheço é: vá tomar no cu. Cu todo mundo tem independente de gênero e opção sexual. Quando alguém o corrigir por usar vocabulário chulo agradeça com um belo vá tomar no cú. (Use acento para melhor resultado.)
  • Sabe aqueles tutoriais de maquiagem que leva um tempão e termina pior que começou?
  • Nada mais machista do que site só para mulheres, vagão só para mulheres, desconto só para mulheres, promoção só para mulheres.
  • Sua religião, time, ideologia e opção sexual não contam para seu currículo.
  • Existem intelectuais de direita? Não. A palavra intelectual foi sequestrada pela esquerda e se aplica exclusivamente a intelectuais de esquerda.
  • Na Justiça perfeita a condenação dos culpados é garantida; a pena é proporcional ao delito; o cumprimento da pena é integral e depois de quitar seu débito o condenado é aceito de volta sem preconceito ou rancor.
  • As propagandas da Coreia do Norte e das Testemunhas de Jeová são feitas na mesma agência?

Meu minimalismo: estoque mínimo

Uma maneira prática de definir quais bens você deve manter na sua casa minimalista é estabelecer estoques mínimos. Funciona como a dinâmica das empresas modernas que reduzem ao mínimo os estoques e operam no modo just in time, ou seja, só adquirem o bem quando ele realmente vai ser usado.

Continue lendo Meu minimalismo: estoque mínimo

Meu minimalismo: dúvidas

Eu tinha dúvidas se algumas práticas do meu cotidiano colidiam com a filosofia minimalista. Tentarei resumir as principais na sequência.

Valor sentimental. tenho em casa alguns objetos de valor sentimental como a tesoura de alfaiate do meu pai, a máquina de escrever que eu usava décadas atrás e a máquina de costura de minha mãe. A tesoura do meu pai ainda tem utilidade cotidiana. Ela corta bem. A máquina de costura é usada como aparador de sala e a máquina de escrever decora a estante. Não creio que um minimalista precise se desfazer de seus velhos bens sentimentais, mas pode tentar dar a eles um uso reciclado. Preservar a história familiar é mais importante do que radicalizar no destralhamento. O problema é se tudo para você tem valor sentimental.

Continue lendo Meu minimalismo: dúvidas

Meu minimalismo: menos redes sociais

Por um bom tempo atuei profissionalmente no mundo digital e, por isso, tinha participação intensa em redes sociais. Nem precisa dizer que chegou uma hora que me vi na obrigação de fazer um destralhamento digital. Participar de redes sociais é quase uma necessidade da vida moderna, mas é preciso controlar a imersão nesse mundo para manter a saúde mental, poupar tempo e ganhar em qualidade de vida. Menos é mais também nos relacionamentos virtuais.

Luz na poça d'água
Continue lendo Meu minimalismo: menos redes sociais