Aquecimento global e aquecimento local

O meteorologista Anthony Watts coloca em dúvida a precisão das estimativas do aquecimento global. Segundo ele, as medições estão superestimadas e aponta motivos como o fato de que três quartos das estações de medição climática que coletavam dados de temperatura no passado já foram desativados o que dificulta a comparação com temperaturas atuais. Para complicar, boa parte das estações de hoje estão localizadas em áreas com micro clima muito alterado pelo homem. O pesquisador cita o exemplo de uma estação localizada dentro de um estacionamento de concreto na cidade de Tucson, Arizona. No passado havia mais estações localizadas em áreas rurais, em altitudes elevadas e em altas latitudes, o que contrasta com as estações climáticas urbanas de hoje. O meio urbano sabidamente pode criar bolsões de calor por conta do excesso de asfalto e concreto e pela carência de áreas verdes.

Independente de Watts estar certo podemos tirar algumas tristes conclusões de seu relatório Surface Temperature Records: Policy Driven Deception? A primeira é que o aquecimento global pode estar super dimensionado, mas existe. A segunda é que pesquisadores competentes estão consumindo energias tentando desacreditar uns aos outros quando podiam estar unidos em favor do meio ambiente.

A terceira conclusão é sobre aquecimento local. Mesmo que não houvesse aquecimento global, que ele fosse apenas uma ilusão de ótica causada por variações de micro clima as pessoas conscientes continuariam preocupadas porque o aquecimento local também é um problema ambiental sério que implica em perda de qualidade de vida e indica degradação ambiental. Quando converso com os mais velhos sobre o clima de minha cidade, eles sempre dizem que no passado Curitiba era mais fria e havia mais geadas. Acredito que eles estão certos e que não se trata de opinião induzida pela mídia, mas nessas horas eu sempre digo que há cinquenta anos Curitiba tinha menos asfalto, menos concreto e muito mais áreas verdes.

O aquecimento local é uma desgraça ambiental tanto quanto o aquecimento global, pois o planeta hoje está repleto de imensas manchas urbanas onde o clima local sofreu transformações drásticas. O aquecimento local é causado pela ocupação desordenada do solo, pelo desmatamento e por outras ações humanas. A maioria das pessoas vive no meio urbano. Se elas percebem que o clima está ficando mais quente onde vivem, pouco importa se o aquecimento é global ou local. O que importa é que temos que reduzir todas as formas de aquecimento causadas pela ação humana.

Veja também: Simulador de consumo de energia em Excel

Cadastre os aparelhos e deixe o Excel calcular o consumo previsto de energia para sua casa, escritório, loja, condomínio, empresa, etc. Você pode criar várias unidades de consumo, cada uma com vários cenários. Assim, você verifica se o seu consumo está dentro do previsto, pode testar o impacto de uma reforma ou troca de aparelhos ou até estimar o gasto de uma unidade que ainda vai ser construída. Faça o download da versão grátis.

Assista ao vídeo para conhecer o funcionamento da planilha.

Sua opinião me interessa