Propriedades de advérbios

Vamos analisar as características gerais dos advérbios nos aspectos morfológico e sintático.

Características sintáticas

Os advérbios podem desempenhar três funções sintáticas:

Modificador Suj+SV. Em certas frases que seguem o modelo sujeito + sintagma verbal + complemento, o advérbio pode sozinho desempenhar o papel de complemento. Exemplo:O motorista dirigia despreocupadamente. No exemplo, o advérbio despreocupadamente incide sobre o motorista dirigia. É bom frisar que, nesses casos, a ação do advérbio se dá sobre o agrupamento sujeito + sintagma verbal como um todo.

Modificador de modificadores. Nesta função, o advérbio modifica outro modificador presente no mesmo sintagma. O modificado pode ser um adjetivo ou outro advérbio. Exemplo: Ela estava muito bem acompanhada. No exemplo, bemmodifica o adjetivo acompanhadamuitomodifica o advérbio bem. O adjetivo da frase, por sua vez modifica ela, sujeito da frase. Temos uma cadeia formada por modificador primário (acompanhada), modificador secundário (bem) e modificador terciário (muito).

Modificador frasal. O advérbio pode incidir sobre uma frase inteira. Exemplo: Felizmente, o vôo transcorreu sem problemas. Neste exemplo, o advérbio estende sua ação sobre toda a frase e não apenas sobre um sintagma em particular.

Morfologia

Prioridades de modificação

Quando existe mais de um item potencialmente sujeito à ação do advérbio, respeitam-se as seguintes regras:

  • A prioridade de modificação é decrescente nesta ordem: Modificador de modificadores > modificador Suj+SV > modificador frasal.
  • O advérbio funciona como modificador de modificadores quando houver um adjetivo ou advérbio adjacente. Na maioria dos casos, o modificado está posicionado imediatamente à direita do advérbio.

Características morfológicas

Os advérbios não apresentam flexões, exceto em alguns casos, em que podem variar em grau. Por exemplo: muito/muitíssimo. Morfologicamente, podemos classificar os advérbios em vários grupos:

Regulares: Caracterizam-se pela presença do sufixo mente adicionado à forma singular feminina do adjetivo correspondente. Não havendo forma feminina, toma-se a forma singular como base para a formação. Os advérbios regulares são os mais numerosos e formam um conjunto aberto. Exemplos:abertamente, cabalmente, inegavelmente, prontamente, realmente, etc. O sufixo mente é originário da palavra arcaica mente que significava maneira, forma, modo. Assim, o advérbio friamente advém de fria maneira.

Homônimos não modificadores de adjetivos.Neste grupo aberto se incluem advérbios que têm mesma forma do singular masculino do adjetivo correspondente. Por exemplo: Os pilotos dirigemrápido. Não funcionam como modificadores de adjetivos ou advérbios

Homônimos modificadores de adjetivos.Apresentam adjetivos correspondentes e funcionam como modificadores de adjetivos e advérbios. Estão nesta categoria: alerta, bastante, bem, certo, demasiado, mal, meio, melhor, muito, pior, pouco, quanto, rente, só, tanto, todo, etc.

Homônimos de gerúndio. Apresentam a mesma forma do gerúndio de verbos. Exemplos: Marisa saiu da sala chorandoO adversário perdeulutando.

Locativos. Os locativos funcionam como complemento Suj+SV, e são invariáveis. Em função disso, podem ser considerados advérbios.

Temporais. Do mesmo modo, os temporais exercem função de complemento Suj+SV e são invariáveis, o que nos permite tratá-los como advérbios.

Irregulares. Formam um grupo heterogêneo e fechado mas de uso intensivo no idioma. Não apresentam adjetivos correspondentes dicionarizados. Exemplos: acaso, aliás, ainda, algo, amiúde, antemão, apenas, assaz, assim, como, debalde, decerto, demais, depois, depressa, devagar, deveras, mais, menos, mui, nada, porventura, quão, quase, que, quiçá, talvez, também, tampouco, tão.

Cruzando as funções sintáticas com os tipos morfológicos de advérbios obtemos a seguinte tabela:

Complemento Suj+SV Modificador de modificadores Modificador frasal
Regulares Sim Sim Sim
Irregulares Sim Sim Não
Homônimos modificadores de adjetivo Sim Sim Não
Homônimos não modificadores de adjetivo Sim Não Não
Homônimos de gerúndio Sim Não Não
Locativos Sim Não Não
Temporais Sim Não Não

Basta olhar a tabela para perceber como a classe dos advérbios é heterogênea. Na verdade, só há duas características universais para a classe: funcionarem como complementos Suj+SV e serem invariáveis, exceto em grau.


Veja também: Conjugador de verbos em Excel

Para provar que existe lógica em nossa língua resolvi criar um conjugador de verbos em Excel. Baixe a planilha e use no celular ou no computador. Download Assista ao vídeo, veja como a planilha funciona e entenda melhor o nosso sistema de verbos.

Diante da heterogeneidade de tipos de advérbios e do fato de quase todos os tipos estarem ligados a outras classes morfológicas, é tentadora a idéia de considerar que os advérbios não são exatamente uma classe de palavras, mas sim uma instância que outras classes assumem quando usadas para desempenhar certas funções ditas adverbiais. Os únicos advérbios que não se enquadram nesse modelo de análise são os irregulares. Estes, no geral, são palavras empregadas exclusivamente como advérbios.

Advérbio

Vamos começar nosso estudo analisando duas frases que contém advérbios.

Pedro bebe compulsivamente.

João compareceu pontualmente

Morfologia

Continue lendo “Advérbio”

Sintagma adverbial

O sintagma adverbial (SAdv) é formado por advérbio ou então, pela concatenação de dois ou mais advérbios que se relacionam dois a dois opcionalmente por sintagma conectivo.

Continue lendo “Sintagma adverbial”