Combinações verbais simultâneas

As combinações verbais do português podem ocorrer simultaneamente na frase sob dadas condições. A simultaneidade segue um rico processo de encadeamentos. Vejamos alguns exemplos:

Continue lendo “Combinações verbais simultâneas”

Veja também

Modelo estar + gerúndio

O modelo EG (estar + gerúndio) é usado tipicamente com o verbo estar, mas outros verbos podem assumir a posição de primeiro verbo da combinação como vemos na série a seguir:

Andar fazendo

Estar fazendo

Ficar fazendo

Ir fazendo

Vir fazendo

Continue lendo “Modelo estar + gerúndio”

Modelo ser/estar + particípio

As frases em português podem ser geradas em forma chamada ativa, em que o sujeito é agente da frase , ou então, em forma passiva, em que o sujeito é paciente. O estudo dos conceitos de agente e paciente pertence à Semântica. Não vamos entrar em detalhes aqui sobre a sintaxe de frases ativas e passivas. Só adiantamos que as formas passivas são geradas com auxílio de combinações verbais do modelo SEP (Ser/Estar + particípio). A forma genérica das combinações deste modelo é dada pela expressão a seguir:

Continue lendo “Modelo ser/estar + particípio”

Modelo ter/haver + particípio

As combinações verbais do modelo THP (ter/haver + particípio) são formadas por dois verbos. Na primeira posição teremos o verbo ter ou haver e na segunda, outro verbo qualquer, flexionado no particípio.

Continue lendo “Modelo ter/haver + particípio”

Frases com mais de um verbo

A gramática do português permite construir frases com dois ou mais verbos mas existem modelos bem definidos que estabelecem como essas ocorrências simultâneas podem acontecer. Antes de partirmos para o estudo desses modelos, vamos analisar três enunciados que apresentam mais de um verbo.

Vimvivenci.

Ela reagiu chorando.

Tenho pensado no assunto.

Continue lendo “Frases com mais de um verbo”