Ponto e vírgula

Usa-se ponto e vírgula em lugar da vírgula para representar, em alguns casos, a correspondente pausa sintática do discurso oral. Não há uma regra que obrigue o uso do ponto e vírgula. Fica a critério do redator empregá-lo quando desejar organizar melhor os itens que compõem o período. Em um período com muitas vírgulas, por exemplo, o ponto e vírgula é útil para delimitar os segmentos maiores do período. Vejamos casos em que é empregado.

Usamos ponto e vírgula para delimitar com mais clareza frases extensas de um mesmo período, em especial, as que contêm vírgulas. Um exemplo:

Ele chegou adiantado, como de costume; por isso, presenciou a cena desde o começo.

Para dar mais clareza a uma enumeração cujos itens contêm sub-itens separados por vírgulas, podemos recorrer ao ponto e vírgula. Este expediente é comum na escrita jurídica.

Vamos formar três equipes: João, Paulo e Carlos; Maria, Jorge e Rute; Otávio, Andréa e Lucas.

Autor: Radamés

Engenheiro químico curitibano pela UFPR, produtor de conteúdos e ferramentas educacionais para a Internet.

1 pensamento em “Ponto e vírgula”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.