Usos do verbo – indicativo presente

Trabalho, trabalhas, trabalha,
trabalhamos, trabalhais, trabalham

Presente do indicativo (pela Nomenclatura Gramatical Brasileira).

O indicativo presente tem vários usos. Vamos analisá-los.

Ação atemporal

Usamos o indicativo presente para expressar ações válidas a qualquer tempo, como no exemplo a seguir:

A terra gira em torno do sol.

Ação pontual concomitante à emissão do discurso

O indicativo presente é usado para expressar ações pontuais e simultâneas à emissão do discurso. Exemplo:

Ronaldo passa a bola para Romário.

Ação costumeira no presente

O indicativo presente explicita ações que ocorrem com freqüência no presente. A ação pode ser contínua ou periódica. Por exemplo:

Ele trabalha o dia todo.

Ele joga bola nos finais de semana.

Futuro iminente pontual

Ações pontuais que ocorrerão com certeza e em breve podem ser expressas pelo indicativo presente.

Amanhã mesmo vou até o escritório resolver o assunto.

O governador viaja daqui a pouco para Brasília.

Presente narrativo ou histórico

O indicativo presente pode ser empregado na expressão de ações passadas quando o discurso ocorre em forma narrativa. Dizemos, nesse caso, que o passado foi presentificado. A ação descrita pode ser pontual ou costumeira.

Lentamente, o assassino se aproxima da vítima distraída.

Veja também

Autor: Radamés

Engenheiro curitibano pela UFPR, professor e produtor de conteúdos e ferramentas educacionais para a Internet.

6 pensamentos em “Usos do verbo – indicativo presente”

  1. Cara, muito bom seu modo de pensar. Sempre me senti “perdido” no tempo quando se tratava de verbos. Vendo seus desenhos parece que tô conseguindo me localizar. Abraço.

  2. Boa noite, gostaria de saber se a seguinte frase está correta com o verbo MANDAR no presente do indicativo:
    Maria, mandas o Paulinho fazer seu dever de casa.

  3. Boa noite, mandei uma pergunta para vocês, gostaria de receber minha resposta no meu email.

    obrigado.

Sua opinião me interessa