Usos do verbo – subjuntivo futuro

Trabalhar, trabalhares, trabalhar,
trabalharmos, trabalhardes, trabalharem

Futuro do subjuntivo (pela Nomenclatura Gramatical Brasileira).

O subjuntivo futuro é usado basicamente em períodos com pares de frases complementares e expressa ação que, se ocorrer, condiciona a ação citada na segunda frase do par. Para entender o uso deste tempo verbal, vamos contrastar períodos que usam verbo no modo indicativo com outros similares que empregam o subjuntivo futuro.

Usos do verbo

Você saberá a hora de agir e vencerá.
Se você souber a hora de agir, vencerá.

Já que você quer, vou ajudá-lo.
Se você quiser, vou ajudá-lo.

Como tu és maduro, te explicarei tudo.
Quando fores mais maduro, te explico tudo.

No primeiro período do exemplo, o verbo em negrito está no modo indicativo, pois a declaração expressa certeza. No segundo período, o tempo empregado foi o subjuntivo futuro, pois a ação expressa é uma possibilidade futura incerta que, se realizada, condiciona a realização da ação dependente.

Ação incerta futura condicionante

Usa-se o subjuntivo futuro para declarar ações que precisam ocorrer no futuro para que outra ação se efetive. Temos duas ações a considerar: a incerta futura condicionante e a futura dependente. A ação dependente só se efetiva se a condicionante vier a ocorrer.

Os tempos do modo subjuntivo são empregados em períodos com características definidas e especializadas. Um modelo de ocorrência é o seguinte: a frase que apresenta o subjuntivo futuro forma par com outra em que o verbo está flexionado no indicativo futuro, no indicativo presente ou combinação verbal de função equivalente. Observe que o indicativo presente, se usado, deve estar expressando futuro iminente.

Futuro do subjuntivo

Outra possibilidade de ocorrência do subjuntivo futuro se dá em frases com remissivos como se mostra a seguir:

A empresa gratificará os funcionários que forem assíduos.

O verbo da frase encaixada (que forem assíduos) está no subjuntivo futuro pois a ação que expressa é uma incerteza futura que condiciona a ação expressa na frase mãe (A empresa gratificará os funcionários). Nem todos os funcionários receberão gratificação, mas somente os que forem assíduos. A ação expressa na frase encaixada condiciona a distribuição da ação do verbo sobre o conjunto de indivíduos que integram o sujeito da frase mãe.

Veja outros usos dos tempos verbais

Tempo verbalNomenclatura gramatical brasileira
Indicativo presentePresente do indicativo
Indicativo passado pontualPretérito perfeito do indicativo
Indicativo passado durativoPretérito imperfeito do indicativo
Indicativo passado anteriorPretérito mais que perfeito do indicativo
Indicativo passado posteriorFuturo do pretérito do indicativo
Indicativo futuroFuturo do presente do indicativo
Subjuntivo presentePresente do subjuntivo
Subjuntivo passadoPretérito imperfeito do subjuntivo
Subjuntivo futuroFuturo do subjuntivo
ImperativoImperativo

Veja também:

Temos que falar o português correto? Uma questão polarizada há décadas.

Download gratuito:

  Conjugador de verbos em Excel

   Narratologia – a arte de contar histórias

   Elementos de Retórica

6 pensou em “Usos do verbo – subjuntivo futuro

  1. Prof. Achei sua explica ao didatica e entendi muito bem. Estou pesquisando acerca do verbo no futuro subjuntivo e verifiquei que se amplica na mensagem que recebi, ou seja, o condiciona.entl xa realizacao ou nao da acao na 2a. frase.
    Porem gostaria de perguntar se saberia me dizer algo mais a respeito da utilizacao desses verbos: se usufruirdes, se quiserdes, onde estiverdes, , que tendes pela frente!… tambem tem ” mui grande seras”…a
    Ouve a utilizacao massisa deste linguajar em alguma epoca da hustoria da humanidade??? Pela atençao, obrigada.

  2. Quero saber uma coisa: No meu livro tem umas frases a quais tenho que colocar o verbo no futuro do subjuntivo (Onde usa-se o ‘quando’), mas a frase começa com ‘se’. O ‘se’ não pertence ao Pretérito Imperfeito? Então, será apenas uma pegadinha?
    Alguém por favor me ajuda !

    1. É possível criar frases com SE e subjuntivo futuro. Veja:
      Quando os carros voltarem do feriado haverá congestionamento.
      Se os carros voltarem ao mesmo tempo haverá congestionamento.

  3. A frase abaixo é retirada da Bíblia Sagrada, Marcos 16, 16: ” Quem crer e for batizado se salvará; quem não crer se condenará”. A dúvida é a seguinte: este trecho refere-se ao futuro do subjuntivo é um “remissivo”? Obrigado.

Sua opinião me interessa