Usos do verbo – subjuntivo futuro

Trabalhar, trabalhares, trabalhar,
trabalharmos, trabalhardes, trabalharem

Futuro do subjuntivo (pela Nomenclatura Gramatical Brasileira).

O subjuntivo futuro é usado basicamente em períodos com pares de frases complementares e expressa ação que, se ocorrer, condiciona a ação citada na segunda frase do par. Para entender o uso deste tempo verbal, vamos contrastar períodos que usam verbo no modo indicativo com outros similares que empregam o subjuntivo futuro.

Você saberá a hora de agir e vencerá.
Se você souber a hora de agir, vencerá.

Já que você quer, vou ajudá-lo.
Se você quiser, vou ajudá-lo.

Como tu és maduro, te explicarei tudo.
Quando fores mais maduro, te explico tudo.

No primeiro período do exemplo, o verbo em negrito está no modo indicativo, pois a declaração expressa certeza. No segundo período, o tempo empregado foi o subjuntivo futuro, pois a ação expressa é uma possibilidade futura incerta que, se realizada, condiciona a realização da ação dependente.

Ação incerta futura condicionante

Usa-se o subjuntivo futuro para declarar ações que precisam ocorrer no futuro para que outra ação se efetive. Temos duas ações a considerar: a incerta futura condicionante e a futura dependente. A ação dependente só se efetiva se a condicionante vier a ocorrer.

Os tempos do modo subjuntivo são empregados em períodos com características definidas e especializadas. Um modelo de ocorrência é o seguinte: a frase que apresenta o subjuntivo futuro forma par com outra em que o verbo está flexionado no indicativo futuro, no indicativo presente ou combinação verbal de função equivalente. Observe que o indicativo presente, se usado, deve estar expressando futuro iminente.

Futuro do subjuntivo

Outra possibilidade de ocorrência do subjuntivo futuro se dá em frases com remissivos como se mostra a seguir:

A empresa gratificará os funcionários que forem assíduos.

O verbo da frase encaixada (que forem assíduos) está no subjuntivo futuro pois a ação que expressa é uma incerteza futura que condiciona a ação expressa na frase mãe (A empresa gratificará os funcionários). Nem todos os funcionários receberão gratificação, mas somente os que forem assíduos. A ação expressa na frase encaixada condiciona a distribuição da ação do verbo sobre o conjunto de indivíduos que integram o sujeito da frase mãe.

Autor: Radamés

Engenheiro curitibano pela UFPR, professor e produtor de conteúdos e ferramentas educacionais para a Internet.

6 pensamentos em “Usos do verbo – subjuntivo futuro”

  1. Prof. Achei sua explica ao didatica e entendi muito bem. Estou pesquisando acerca do verbo no futuro subjuntivo e verifiquei que se amplica na mensagem que recebi, ou seja, o condiciona.entl xa realizacao ou nao da acao na 2a. frase.
    Porem gostaria de perguntar se saberia me dizer algo mais a respeito da utilizacao desses verbos: se usufruirdes, se quiserdes, onde estiverdes, , que tendes pela frente!… tambem tem ” mui grande seras”…a
    Ouve a utilizacao massisa deste linguajar em alguma epoca da hustoria da humanidade??? Pela atençao, obrigada.

  2. Quero saber uma coisa: No meu livro tem umas frases a quais tenho que colocar o verbo no futuro do subjuntivo (Onde usa-se o ‘quando’), mas a frase começa com ‘se’. O ‘se’ não pertence ao Pretérito Imperfeito? Então, será apenas uma pegadinha?
    Alguém por favor me ajuda !

    1. É possível criar frases com SE e subjuntivo futuro. Veja:
      Quando os carros voltarem do feriado haverá congestionamento.
      Se os carros voltarem ao mesmo tempo haverá congestionamento.

  3. A frase abaixo é retirada da Bíblia Sagrada, Marcos 16, 16: ” Quem crer e for batizado se salvará; quem não crer se condenará”. A dúvida é a seguinte: este trecho refere-se ao futuro do subjuntivo é um “remissivo”? Obrigado.

Sua opinião me interessa