Sílaba

Na maioria dos casos, os falantes não encontram dificuldades para segmentar o discurso em sílabas, pois há várias situações de uso da língua em que a consciência da sílaba é exigida. Isso ocorre, por exemplo, quando o falante emite o discurso em pequenos segmentos para enfatizar a mensagem ou para discriminar melhor sua pronúncia.

De-va-gar.

Cal-ma.

Ne-ga-ti-vo.

Continue lendo “Sílaba”

Consoantes da língua portuguesa brasileira

a língua portuguesa brasileira, usamos 19 consoantes, representadas na tabela a seguir, onde estão classificadas pelas suas características de produção no aparelho fonador.

Continue lendo “Consoantes da língua portuguesa brasileira”

Vogais da língua portuguesa brasileira

Na língua portuguesa brasileira, usamos 13 vogais, representadas nos quadros abaixo.

Continue lendo “Vogais da língua portuguesa brasileira”

Vogal

Os sons da fala são classificados desde a Antigüidade em dois grupos principais: vogais e consoantes. Vogais são os sons da fala que ocorrem quando o fluxo de ar percorre o aparelho fonador livre e continuamente, sem causar turbulência ou enfrentar obstrução temporária. Quando o fluxo de ar provoca turbulência no aparelho fonador ou encontra uma obstrução temporária, teremos a emissão de consoantes.

Continue lendo “Vogal”

Fonema

O fonema é a unidade formal inferior da Fonética. Usamos fonemas com naturalidade em nossa comunicação, mas é difícil dizer em que medida os falantes têm uma consciência natural deles. O que se pode dizer é que essa consciência se firma principalmente durante a alfabetização em sistemas fonológicos de escrita. É durante a aquisição da escrita que nos aproximamos dos fonemas. Como nos sistemas fonológicos o grafema geralmente corresponde a um fonema, o falante alfabetizado passa a distinguir com clareza essas unidades mínimas da fala. A consciência dos fonemas requer, portanto, aprendizado cultural. A história da escrita nos mostra o longo e árduo caminho percorrido até se chegar a sistemas consistentes de escrita fonológica. Isso nos dá uma idéia do esforço envolvido no processo de compreensão do fonema.

Fonema é o módulo abstrato mínimo da fala em nível de significante. É o átomo de construção do significante do discurso.

Continue lendo “Fonema”