Qualidades notáveis de recursos retóricos

As características abaixo, normalmente são arroladas como recursos de Retórica, mas, na verdade, são apenas propriedades desses recursos.

Sinestesia: é a propriedade do discurso que gera uma associação entre uma sensação e outra sensação, ou uma impressão, ou uma situação.

Exs.: Sensações evocando sensações: ‘cor quente’, ‘doce música’, ‘voz áspera’. Todos os exemplos dados são metáforas sinestésicas.


Veja também: Conjugador de verbos em Excel

Para provar que existe lógica em nossa língua resolvi criar um conjugador de verbos em Excel. Baixe a planilha e use no celular ou no computador. Download Assista ao vídeo, veja como a planilha funciona e entenda melhor o nosso sistema de verbos.

Continue lendo “Qualidades notáveis de recursos retóricos”

O mito do discurso básico

Existe o mito de um discurso de referência, do grau zero da escritura, de um modo normal de discursar, de um jeito natural, da linguagem essencialmente não-literária, de um discurso inespecífico, sem estilo, sem Retórica, primário.

Inespecífica é a linguagem, massa plástica informe e potencial, que dentro de certas balizas se amolda aos objetivos a que se destina. Já o discurso, é a particularização, a atualização de uma potencialidade.

Continue lendo “O mito do discurso básico”

O elenco de recursos

As definições compreensivas de recurso retórico são feitas tentando sempre se adequar a um elenco subentendido de ocorrências. O contrário não acontece: definir recurso retórico para só depois gerar o elenco. A tradição pressiona neste sentido, o que torna difícil, por exemplo, pensar em recurso retórico sem pensar em metáfora. Estabelecido o elenco de ocorrências, busca-se uma definição que enquadre todas as ocorrências elencadas.

Continue lendo “O elenco de recursos”

Taxonomia de recursos

A abundância de recursos retóricos é característica da maioria dos tratados de Retórica, inclusive este. Provavelmente, em função dessa abundância e da disparidade entre os recursos retóricos, houve, tradicionalmente, considerável dispêndio de esforço para classificá-los. Em alguns casos, esse dispêndio drenou toda a atenção dos retóricos, e o que deveria ser uma prática acessória tornou-se principal escopo da Retórica.

Continue lendo “Taxonomia de recursos”