Intercalação sintática

Ocorre intercalação sintática quando um segmento externo é inserido em meio à uma estrutura sintática em desenvolvimento, deixando-a descontínua. Vamos exemplificar:

  • Ele tem acertado, não sei como, todos os resultados.
  • Devo confessar, meu caro, que você está certo.
  • Vou fazer isso, me entenda, pelo seu bem.
  • Entenda que, consideradas as circunstâncias, esta é a melhor decisão a tomar.
  • Eu farei, como disse antes, o que estiver ao meu alcance.

Não vamos confundir a intercalação com o uso de ordens pouco usuais para os componentes da estrutura sintática. O que caracteriza a intercalação é inserção do elemento externo entre dois segmentos de uma mesma estrutura sintática. O elemento intercalado não pertence à estrutura em desenvolvimento.

Uma característica interessante das intercalações é que elas segmentam frase ou período, mas não separam partes de um mesmo sintagma.  Resultam inaceitáveis intercalações como as dadas a seguir porque rompem a continuidade do sintagma.

  • * Vou, me entenda,  fazer isso pelo seu bem.
  • * Vou fazer isso pelo seu, me entenda,  bem.
  • * Vou fazer isso pelo, me entenda,  seu bem.

Sintaxe

Veja também:

Temos que falar o português correto? Uma questão polarizada há décadas.

Download gratuito:

  Conjugador de verbos em Excel

   Narratologia – a arte de contar histórias

   Elementos de Retórica

Sua opinião me interessa