Atenuação e agravamento

Ao receber uma mensagem, o receptor atribui valores a ela como: importância, gravidade, aceitação/reprovação, além de uma resposta emocional. Tal valoração e a resposta emocional, bastante subjetivas e contextualizadas, podem ser atenuadas ou agravadas pelas características do discurso que veicula a mensagem. Isso decorre de transferências icônicas, convenções editoriais, de entoação e gestual, manipulação psicológica e ênfase. Há meios de atenuar ou agravar nos diversos níveis do discurso. Vejamos:

  • Ordem de emissão. O que é recebido antes, convencionalmente é considerado mais importante.
  • Corpo tipográfico relativamente maior está associado, por convenção, à maior importância do que se está veiculando.
  • Volume de texto maior está associado à maior importância.
  • Destaques gráficos (cor diferenciada, moldura, tipografia diferenciada, etc.) podem sugerir importância.
  • Ordem temática: essa ordem pode agravar ou atenuar, dependendo do caso.
  • Ordens gradativas, ascendentes ou descendentes, podem agravar ou atenuar conforme o caso.
  • Iconias: podem atenuar ou agravar, conforme o caso.
  • Repetição: agrava se repete o que agrava, atenua se repete o que atenua.
  • Ênfase: atenua ou agrava conforme enfatize o que atenua ou o que agrava.
  • Entoação e gestual expressivos: uma entoação expressiva, conforme ao que suscita a mensagem, pode agravar o impacto psicológico. Uma entoação e um gestual que tendem para a neutralidade emocional atenuam.
  • Sintáticos: apostos, adjuntos adverbiais e adnominais podem agravar ou atenuar, conforme o caso.
  • Lítotes atenua. Ex.: ‘Sou bela?’ ‘Não és feia’.
  • Metonímias atenuam ou agravam conforme o caso.
  • Comparações idem. Um caso notável de comparação que intensifica: ‘Inteligente como um jumento’. ‘Bonito como um dragão’. Nessas comparações não se pode dizer que temos ironia, pois o jumento não é de todo destituído de inteligência, mas o grau de inteligência nele é considerado muito baixo comparativamente a outros seres.
  • Metáforas, em especial as hipérboles, atenuam ou agravam, conforme o caso.
  • Ironia agrava.
  • Precisão atenua ou agrava conforme o caso.
  • Antíteses agravam.
  • Conotação pode agravar ou atenuar.
  • Avaliações subjetivas podem atenuar ou agravar.
  • Suspense agrava.
  • Presentificação agrava.
  • Empatia agrava.
  • Envolvimento agrava.
  • Imprevisibilidade agrava.
  • Dramatização agrava.
  • Paralelismo narrativo agrava.
  • Sumarização atenua.
  • Imparcialidade do narrador atenua.
  • Ponto de vista neutro atenua.

Veja também: Conjugador de verbos em Excel

Para provar que existe lógica em nossa língua resolvi criar um conjugador de verbos em Excel. Baixe a planilha e use no celular ou no computador.
Download

Assista ao vídeo, veja como a planilha funciona e entenda melhor o nosso sistema de verbos.

Sua opinião me interessa