1024 livros – a lista – De 257 a 512

Os mil e vinte e quatro livros em ordem alfabética de autor.

  • Carta sobre a felicidade a Meneceu
    Epicuro
  • Elogio da loucura
    Erasmo de Roterdan
  • A era dos extremos
    Eric Hobsbawn
  • Mimesis
    Erich Auerbach
  • Do ter ao ser
    Erich Fromm
  • Nada de novo no front
    Erich Maria Remarck
  • O tempo e o vento
    Érico Veríssimo
  • Condições da liberdade
    Ernest Gellner
  • Nações e nacionalismo
    Ernest Gellner
  • O sol também se levanta
    Ernest Hemingway

  • Veja também: Planilha de filmes para cinéfilos

    Quer organizar melhor a sua lista de filmes assistidos ou favoritos? Então baixe a planilha a seguir e tenha um controle de suas viagens pelo mundo do cinema.
    Download
    Assista ao vídeo e veja como a planilha funciona. .

  • O velho e o mar
    Ernest Hemingway
  • Por quem os sinos dobram
    Ernest Hemingway
  • Guerra de guerrilhas
    Ernesto Che Guevara
  • O túnel
    Ernesto Sábato
  • A filosofia das formas simbólicas
    Ernst Cassirer
  • O problema do conhecimento
    Ernst Cassirer
  • O desenvolvimento do pensamento biológico
    Ernst Mayr
  • Literatura européia e idade média latina
    Ernst Robert Curtius
  • A representação do eu na vida cotidiana
    Erving Goffman
  • O que é vida?
    Erwin Schroedinger
  • Fábulas
    Esopo
  • Tratado das sensações
    Etienne de Condillac
  • Elementos
    Euclides
  • Os sertões
    Euclides da Cunha
  • Poesia
    Eugênio de Castro
  • Poesia
    Eugenio Montale
  • Nós
    Evgueni Ivanovitch Zamiatin
  • Poesia
    Ezra Pound
  • Individualismo e ordem econômica
    F.A. Hayek
  • Poesia
    Federico Garcia Lorca
  • Curso de lingüística geral
    Ferdinand de Saussure
  • O Mediterrâneo
    Fernand Braudel
  • O trigo e o joio
    Fernando Namora
  • Poesia
    Fernando Pessoa
  • Prosa
    Fernando Pessoa
  • Crônicas
    Fernando Sabino
  • O encontro marcado
    Fernando Sabino
  • Poesia
    Ferreira Gullar
  • Contos
    Flanery O’Connor
  • Giordano Bruno e a tradição hermética
    Frances Yates
  • Poesia
    Francesco Petrarca
  • Novum organum
    Francis Bacon
  • Os sonhos
    Francisco Quevedo y Villegas
  • Memórias de além-túmulo
    Francois Chateaubriand
  • O nó de víboras
    Francois Mauriac
  • Quadro econômico
    François Quesnay
  • Gargantua e Pantagruel
    Francois Rabelais
  • Poesia
    Francois Villon
  • Bom dia tristeza
    Francoise Sagan
  • A mente do homem primitivo
    Franz Boas
  • Raça, linguagem e cultura
    Franz Boas
  • A metamorfose
    Franz Kafka
  • Colônia penal
    Franz Kafka
  • O castelo
    Franz Kafka
  • O processo
    Franz Kafka
  • A estrela da redenção
    Franz Rosenzweig
  • Infinito em todas as direções
    Freeman Dyson
  • A educação do homem
    Friedrich Froebel
  • Fenomenologia do espírito
    Friedrich Hegel
  • Poesia
    Friedrich Hölderlin
  • O sistema nacional de política econômica
    Friedrich List
  • A gaia ciência
    Friedrich Nietzsche
  • Assim falou Zaratustra
    Friedrich Nietzsche
  • Humano demasiado humano
    Friedrich Nietzsche
  • Poesia
    Friedrich Novalis
  • Road to serfdom
    Friedrich von Hayek
  • Sistema de idealismo transcendental
    Friedrich Von Schelling
  • A teia da vida
    Fritjof Capra
  • I ching
    Fu Hsi
  • Crime e castigo
    Fyodor Dostoyevsky
  • O idiota
    Fyodor Dostoyevsky
  • O jogador
    Fyodor Dostoyevsky
  • Os irmãos Karamazov
    Fyodor Dostoyevsky
  • Os possessos
    Fyodor Dostoyevsky
  • Amor nos tempos do cólera
    Gabriel Garcia Marquez
  • Cem anos de solidão
    Gabriel Garcia Marquez
  • Poesia
    Gabriela Mistral
  • Poesia
    Gabrieli D’Annunzio
  • Diálogos sobre os grandes sistemas do universo
    Galileu Galilei
  • A montanha da alma
    Gao Xingjian
  • O novo espírito científico
    Gaston Bachelard
  • O fantasma da ópera
    Gaston Leroux
  • Contos da Cantuária
    Geoffrey Chaucer
  • História e consciência de classe
    Georg Lukács
  • Teoria do romance
    Georg Lukács
  • Três diálogos
    George Berkeley
  • Middlemarch
    George Eliot
  • Metáforas da vida cotidiana
    George Lakoff
  • 1984
    George Orwell
  • Revolução dos bichos
    George Orwell
  • História da minha vida
    George Sand
  • Mairgret e o homem do branco
    George Simenon
  • Nenhuma paixão desperdiçada
    George Steiner
  • A vida modo de usar
    Georges Perec
  • Poesia
    Gerard de Nerval
  • Autobiografia de Alice B. Toklas
    Gertrude Stein
  • Memórias
    Giacomo Casanova
  • Poesia
    Giacomo Leopardi
  • Adônis
    Giambattista Marino
  • Princípios de uma nova ciência
    Giambattista Vico
  • O homem que foi quinta feira
    Gilbert Keith Chesterton
  • O conceito de mente
    Gilbert Ryle
  • Casa grande e senzala
    Gilberto Freire
  • Diferença e repetição
    Gilles Deleuze
  • Sobre o infinito, o universo e os mundos
    Giordano Bruno
  • Poesia
    Giorgis Zeferis
  • Poesia
    Giosué Carducci
  • O homem acabado
    Giovani Papini
  • D. Gesualdo
    Giovani Verga
  • Decameron
    Giovanni Boccaccio
  • Poesia
    Giuseppe Ungaretti
  • Poesia
    Gonçalves Dias
  • Washington DC
    Gore Vidal
  • Novos ensaios sobre o conhecimento humano
    Gottfried Leibniz
  • Sentido e significado
    Gottlob Frege
  • Memórias do cárcere
    Graciliano Ramos
  • São Bernardo
    Graciliano Ramos
  • Vidas secas
    Graciliano Ramos
  • O poder e a glória
    Graham Greene
  • Poesia
    Gregório de Matos
  • Poesia
    Guerra Junqueiro
  • Apresentação de “Parade”
    Guillaume Apollinaire
  • Poesia
    Guillaume Apollinaire
  • Três tristes tigres
    Guillermo Cabrera Infante
  • Corpo de baile
    Guimarães Rosa
  • Grande sertão: veredas
    Guimarães Rosa
  • Sagarana
    Guimarães Rosa
  • O tambor
    Günter Grass
  • Educação sentimental
    Gustave Flaubert
  • Madame Bovary
    Gustave Flaubert
  • Contos
    Guy de Maupassant
  • A sociedade do espetáculo
    Guy Debord
  • Gente independente
    Halidor Laxness
  • A condição humana
    Hannah Arendt
  • As origens do totalitarismo
    Hannah Arendt
  • Contos
    Hans Christian Andersen
  • Verdade e método
    Hans George Gadamer
  • Estética da recepção
    Hans Robert Jauss
  • O cânone ocidental
    Harold Bloom
  • Gramática da política
    Harold Laski
  • O sol é para todos
    Harper Lee
  • Poesia
    Hart Crane
  • Sete anos no Tibet
    Heinrich Harrer
  • Poesia
    Heinrich Heine
  • A doutrina secreta
    Helena Blavatsky
  • Vargas: uma biografia política
    Hélio Silva
  • A evolução criadora
    Henri Bergson
  • Ensaios sobre os dados imediatos da consciência
    Henri Bergson
  • Poesia
    Henri Michaux
  • O trem estava no horário
    Henrich Boll
  • O bosque das ilusões perdidas
    Henry Alain-Fournier
  • A desobediência civil
    Henry David Thoreau
  • Tom Jones
    Henry Fielding
  • A tigela dourada
    Henry James
  • Os bostonianos
    Henry James
  • Trópico de câncer
    Henry Miller
  • As minas do rei Salomão
    Henry Rider Haggard
  • A máquina do tempo
    Herbert George Wells
  • Eros e civilização
    Herbert Marcuse
  • Um sistema de filosofia sintética
    Herbert Spencer
  • A morte de Virgílio
    Herman Broch
  • O jogo das contas de vidro
    Herman Hesse
  • O lobo da estepe
    Herman Hesse
  • Moby Dick
    Herman Melville
  • Cartas
    Hernan Cortez
  • História
    Heródoto
  • Os trabalhos e os dias
    Hesíodo
  • Teogonia
    Hesíodo
  • A filosofia da arte
    Hippolyte Taine
  • A ilíada
    Homero
  • A odisséia
    Homero
  • A mulher de trinta anos
    Honoré de Balzac
  • As ilusões perdidas
    Honoré de Balzac
  • Pai Goriot
    Honoré de Balzac
  • Arte poética
    Horácio
  • Odes
    Horácio
  • Estruturas da mente
    Howard Gardner
  • Contos
    Howard Philips Lovecraft
  • What computers can’t do
    Hubert Dreyfus
  • O desgosto da Bélgica
    Hugo Claus
  • Estrutura da lírica moderna
    Hugo Friedrich
  • Poesia
    Humberto de Campos
  • O nome da rosa
    Humberto Eco
  • Tratado geral de semiótica
    Humberto Eco
  • Autopoiese de máquinas e seres vivos
    Humberto Maturana
  • Viva e deixe morrer
    Ian Fleming
  • Não verás país nenhum
    Ignácio de Loyola Brandão
  • Zero
    Ignácio de Loyola Brandão
  • Fontamara
    Ignazio Silone
  • A ordem a partir do caos
    Ilya Prigogine
  • Crítica da razão prática
    Immanuel Kant
  • Crítica da razão pura
    Immanuel Kant
  • Crítica do juízo
    Immanuel Kant
  • Contos
    Iris Murdoch
  • Contos de fadas
    Irmãos Grimm
  • Eu, robô
    Isaac Asimov
  • Satã em Gorai
    Isaac B. Singer
  • Cavalaria vermelha
    Isaac Babel
  • Princípios matemáticos da filosofia natural
    Isaac Newton
  • A casa dos espíritos
    Isabel Allende
  • O ouriço e a raposa
    Isaiah Berlin
  • Poesia
    Ismail Kadaré
  • Cidades invisíveis
    Ítalo Calvino
  • O visconde partido ao meio
    Ítalo Calvino
  • A consciência de Zeno
    Italo Svevo
  • Insolação
    Ivan Bunin
  • Poesia
    Ivan Junqueira
  • Reflexos condicionados
    Ivan Pavlov
  • Pais e filhos
    Ivan Turguniev
  • Arcádia
    Jacopo Sanazzaro
  • O apanhador no campo de centeio
    J.D. Salinger
  • Pé na estrada
    Jack Kerouac
  • Caninos brancos
    Jack London
  • O chamado da selva
    Jack London
  • Poesia
    Jacques  Roubaud
  • Discurso sobre a história universal
    Jacques Bossuet
  • Gramatologia
    Jacques Derrida
  • Seminários
    Jacques Lacan
  • O processo Maurizius
    Jakob Wasserman
  • Poesia
    Jalalu’I-Din Rumi
  • A vida de Samuel Johnson
    James Boswell
  • The managerial revolutions
    James Burnham
  • Los Angeles: cidade proibida
    James Ellroy
  • O último dos moicanos
    James Fenimor Cooper
  • O ramo de ouro
    James George Frazer
  • Retrato do artista quando jovem
    James Joyce
  • Ulisses
    James Joyce
  • Orgulho e preconceito
    Jane Austen
  • Razão e sensibilidade
    Jane Austen
  • Morte e vida de grandes cidades
    Jane Jacobs
  • Teresa filósofa
    Jean Baptiste de Boyer
  • Tratado de economia política
    Jean Baptiste Say
  • Simulacros e simulação
    Jean Baudrillard
  • Discurso preliminar da enciclopédia
    Jean D’Alambert
  • Fábulas
    Jean de La Fontaine
  • Nossa senhora das flores
    Jean Genet
  • Lógica e conhecimento científico
    Jean Piaget
  • Os campos de honra
    Jean Rouaud
  • A invenção da liberdade
    Jean Starobinski
  • Confissões
    Jean-Jaques Rousseau
  • Émile
    Jean-Jaques Rousseau
  • O contrato social
    Jean-Jaques Rousseau
  • A idade da razão
    Jean-Paul Sartre
  • Crítica da razão dialética
    Jean-Paul Sartre
  • O existencialismo é um humanismo
    Jean-Paul Sartre
  • O ser e o nada
    Jean-Paul Sartre
  • Princípios de moral e legislação
    Jeremy Bentham
  • O vidiota
    Jerzy Kosinski
  • A economia de concorrência imperfeita
    Joan Robinson
  • Harry Potter e a pedra filosofal
    Joanne K. Rowling
  • Apocalipse
    João
  • Contos
    João Antônio
  • Poesia
    João Cabral de Melo Neto
  • Hotel Atlântico
    João Gilberto Noll
  • O sorriso do lagarto
    João Ubaldo Ribeiro
  • Viva o povo brasileiro
    João Ubaldo Ribeiro

Autor: Radamés

Engenheiro curitibano pela UFPR, professor e produtor de conteúdos e ferramentas educacionais para a Internet.

Sua opinião me interessa