Usos do verbo – indicativo passado anterior

Trabalhara, trabalharas, trabalhara,
trabalháramos, trabalháreis, trabalharam

Pretérito mais-que-perfeito (pela Nomenclatura Gramatical Brasileira).

Ação passada anterior a outra também passada

Ações acontecidas no passado e anteriores a outra ação referencial também passada podem ser expressas pelo indicativo passado anterior. A ação pode ser pontual ou durativa. Exemplos:

Quando eu cheguei à festa, ela já partira.

Ele estudara Arquitetura quando optou pela música.

Passado vago

Ações ocorridas em um passado impreciso podem ser expressas pelo indicativo passado anterior.

Trabalhara em vários serviços durante a vida.

Equivalência ao indicativo passado anterior composto

O indicativo passado anterior pode ser permutado com a sua correspondente forma composta sem prejuízo ao sentido. Veja os exemplos:

Quando eu cheguei à festa, ela já partira.
Quando eu cheguei à festa, ela já tinha partido.

Ele estudara Arquitetura quando optou pela música.
Ele tinha estudado Arquitetura quando optou pela música.


Veja também: Conjugador de verbos em Excel

Para provar que existe lógica em nossa língua resolvi criar um conjugador de verbos em Excel. Baixe a planilha e use no celular ou no computador. Download Assista ao vídeo, veja como a planilha funciona e entenda melhor o nosso sistema de verbos.

As diferenças entre o tempo simples e seu correspondente composto são estilísticas. O tempo simples é considerado mais formal e usa-se pouco no português contemporâneo. A preferência atual é pela forma composta.

Autor: Radamés

Engenheiro curitibano pela UFPR, professor e produtor de conteúdos e ferramentas educacionais para a Internet.

Sua opinião me interessa